26/10/2004

Lugares - 26

Nas minhas deambulações numa Sexta-feira de Setembro último por Brugge não apreciei apenas os monumentos e a gastronomia (por vezes também designada por cerveja belga...) locais, tive inevitavelmente de me cruzar com alguns dos canais da cidade.

É também comum chamar-lhe a Veneza do Norte. Nunca tive a oportunidade de visitar Veneza, admito que a designação possa ter o seu quê de exagero. Se leram o post Lugares - 18, de 22 de Setembro, recordarão certamente que Brugge, cidade do interior, se encontra ligada ao Mar do Norte por um canal. Crê-se que num passado distante o mar tenha inundado por diversas vezes a área onde a cidade nasceu, e que por via disso tenha deixado para trás vários braços quando por fim decidiu encurtar os seus domínios.




Steenhouwers Dijk

Uma volta de barco teria sido agradável, mas o tempo disponível não o permitiu: esperavam-me ao fim da tarde em Bruxelas uma simpáticas hospedeiras da TAP, ansiosas pela oportunidade de me servirem umas coisas para ingerir a que, vá-se lá saber por que carga de água, insistem em chamar de jantar!... Por forma a limitar as benesses e a não habituar os passageiros a uma vida demasiado faustosa, no vôo seguinte, de ligação entre Lisboa e o Porto, não serviram nada...

Links

http://www.trabel.com/brugge.htm