26/12/2004

Invasões Francesas - 11

3ª invasão francesa: continuação

Com a queda de San Sebastian e a posterior rendição de Pamplona, a 31 de Outubro de 1813, acabaram as aventuras francesas em Espanha e começaram as aliadas em França. É que Wellington foi compelido a estender as operações a esse país, tendo para o efeito utilizado a ponte de Vera para atravessar o rio Bidassoa.


Ponte Vera

A escolha daquela ponte era óbvia pois não havia muito por onde optar, dado que os franceses, na sua retirada, não deixaram qualquer outra de pé...

As primeiras escaramuças tiveram lugar em Saint Jean de Luz no dia 10 de Novembro, tendo terminado com a retirada dos franceses, que Soult iria concentrar em Baiona, bem entricheirados e preparados para se defenderem (pensavam eles...).

No entanto os aliados lá forçaram os franceses a sair de lá. Rei morto, rei posto, terão estes pensado, e não tardaram a instalar novo quartel-general, desta vez em Orthez. A batalha seguinte deu-se naturalmente nessa localidade e teve lugar no dia 27 de Fevereiro de 1814. Para não quebrar a monotonia desta história a coisa acabou com a vitória em toda a linha das forças aliadas.


Batalha de Orthez

Mais alguns encontros imediatos e os franceses viriam a retirar para Toulouse. O ataque aliado aconteceu no dia 10 de Abril e resultou em nova derrota das tropas francesas.


Batalha de Toulouse

Seria a última batalha das tropas de Napoleão. Nesse mês de Abril os aliados da Europa Central tomaram Paris e forçaram a capitulação de Napoleão, que aconteceria no dia 18. A assinatura da convenção entre Wellington e Soult teve lugar no dia 18 de Abril de 1814, quando Soult finalmente se convenceu de que já não havia mais nada a fazer. Fechava-se desse modo mais um capítulo importante da nossa história.