28/01/2005

Concertos #7

Amanhã lá iremos de novo a mais uma aventura musical. Da parte musical se encarregarão a soprano Dora Rodrigues e a Orquestra Nacional do Porto dirigida por Marc Tardue.



A primeira parte do concerto será preenchida com a Sinfonia Mathis der Maler (Mathis o pintor) do compositor alemão Paul Hindemith (1895-1963), obra inspirada na vida do pintor do século XVI Mathis Grünewald. A estreia desta sinfonia aconteceu a 12 de Março de 1934, com a Orquestra Sinfónica de Berlim dirigida por Wilhelm Furtwängler (de quem recentemente falei aqui
).


Paul Hindemith

Na segunda parte teremos a Sinfonia Nº4 de Gustav Mahler (1860-1911) que na sua estreia, a 25 de Novembro de 1901, registou um fracasso assinalável. E tal não se deveu certamente a um menor conhecimento da obra por parte do maestro, dado que à frente da orquestra esteve... o próprio Mahler.

O lado da aventura será assegurado pelos dois minorcas que insistimos em levar connosco, com o objectivo elevado de os cultivar desde pequenos. E não haja dúvidas que eles se esforçam: já tentaram cultivar amizade com uma das segundas violinistas, desenvolveram especiais aptidões para imitar o maestro e, da última vez, depois de uma corrida desenfreada, o mais novo quase mergulhava de cabeça na cultura... e ficava com ela enfiada no meio da harpa!