04/02/2005

Lugares #52

No último dia do ano passado fizemos mais uma daquelas viagens frenéticas, com apenas um par de objectivos (destinos) traçados, o resto deixado ao sabor dos acontecimentos. O último poiso antes do regresso para a indispensável passagem (não há forma de evitar saltar de 31 para 1...) acabou por ser em Chaves. E aí, inevitavelmente, passámos pela Igreja Matriz, construção de estilo românico que se supõe datar do século XII.



Na sua versão actual entrelaçam-se os estilos manuelino e renascentista, adicionado aquando da sua restauração no século XVI. Na segunda metade do século XX beneficiou de profundas obras de remodelação. De resto, é o regalo à vista que procuro mostrar nas fotografias que quebram a monotonia da prosa.



Depois da visitinha efectuada, não se esqueçam de parar no café mais próximo para tomar uma meia-de-leite bem quente. O frio para aqueles lados entranha-se por todos os poros, pelo que depois de retemperado o espírito há que tratar do físico... Desaconselha-se a cerveja: vem fria, pelo que daí não virá o aquecimento, e as estradas da região já apresentam curvas quanto baste, sem necessidade de recorrer a aditivos!