23/03/2005

Compositores #26: Franz Schreker (1878-1934)

Se houve compositores que pereceram nos campos de concentração, conforme há uns tempos atrás referi aqui e aqui, outros houve que pouco tempo viveram após a subida ao poder de Adolf Hitler, no início de 1933. Foi o caso do compositor austríaco Franz Schreker, nascido há exactamente 127 anos e falecido em Março de 1934.


Franz Schreker

O Partido Nacional Socialista Alemão dos Trabalhadores, liderado por Hitler, passou de uns meros 12 deputados em 1928 para 230 em 1932, evidenciando a popularidade das ideias anti-semitas que defendia. E foi em resultado disso que Schreker foi forçado a resignar aos cargos que exercia: o de director da Musikhochschule de Berlim, em 1932, e de professor na Academia Prussiana das Artes, em 1933. Estes acontecimentos acabaram por arrasar Schreker, que por duas vezes veio a Portugal (Estoril) procurando restabelecer-se: a primeira entre Novembro de 1931 e Janeiro do ano seguinte, a segunda no Verão de 1933. Regressaria a Berlim em Outubro, vindo a falecer no dia 21 de Março de 1934.

Aditamento

Virgílio Marques, autor do blogue Guilhermina Suggia, teve a amabilidade de me enviar uma mensagem explicando melhor as passagens de Franz Schreker por Portugal. A sua intenção seria então não só a de se recompor passando por cá uma temporada, mas sim a de por aqui ficar definitivamente. E tal só não aconteceu pelo facto de a sua esposa não suportar os portugueses, sentimento inultrapassável, que o fez regressar por duas vezes ao seu país.

Internet

http://www.schreker.org/index_e.htm
http://www.k-faktor.com/en/schreker.htm
http://www.boosey.com/pages/cr/composer/composer_main.asp?composerid=3390