03/03/2005

Violinistas #1: Henryk Szeryng (1918-1988)

Apesar do nome, Henryk Szeryng, e de ter nascido em Varsóvia, assinalam-se hoje os 17 anos passados sobre o falecimento deste violinista... mexicano, nacionalidade que obteve em 1946.



Teve dois professores de renome, Carl Flesch (1873-1944), de quem ainda aqui não falei e Nadia Boulanger, já referida em Outubro do ano passado neste postal
. É portanto mais um nome a adicionar à lista dos alunos ilustres de Boulanger.

A sua fluência em línguas foi utilizada pelo governo polaco durante a 2ª Guerra, o que o levou naturalmente a interromper a carreira musical. Não parou completamente de tocar, contudo, uma vez que dava concertos para as tropas aliadas. E acabou por ser em consequência de um desses concertos, na Cidade do México, que Szeryng foi convidado para dar aulas no Conservatório local. Retomaria a carreira de violinista apenas em 1954, por insistência do seu compatriota (polaco...) Artur Rubinstein (1887-1982). Daí em diante os dois tocaram e gravaram conjuntamente inúmeras vezes.


CDs



Ludwig van Beethoven
Piano Trios.
Henryk Szeryng, Thomas Brandis (violinos)
Pierre Fournier, Wolfgang Boettcher (violoncelos)
Wilhelm Kempff, Eckart Besch (pianos)
Beaux Arts Trio
Deutsche Grammophon 453 751-2

Brahms
Violin Concerto in D, Op.77.
Khachaturian
Violin Concerto.
Henryk Szeryng, violino
London Symphony Orchestra
Antál Dorati
Mercury 434 318-2

Schubert
Piano Trio No.1, D898.
Schumann
Piano Trio No.1, Op.63.
Henryk Szeryng (violino), Pierre Fournier (violoncelo), Artur Rubinstein (piano)
RCA Red Seal 09026 63076-2


Internet

http://www.deccaclassics.com/artists/szeryng/biog.html
http://www.answers.com/topic/henryk-szeryng