07/04/2005

Sinfonias #3: Sinfonia Nº3, de Ludwig van Beethoven

A Sinfonia Nº3, "Heróica", de Beethoven (1770-1827), estreada publicamente há 200 anos, foi inicialmente dedicada a Napoleão Bonaparte, por quem à altura da sua composição (1802-3) Beethoven nutria especial admiração.

Lobkowitz

Napoleão era visto como um defensor da liberdade por Beethoven e como uma ameaça por muitos outros, nomeadamente os ingleses, apostados em pôr termo às invasões francesas. Foi a época em que Lord Nelson
brilhou. Em 1804 Napoleão foi coroado rei de França, mas a sua ambição era bem maior do que isso; os países Ibéricos, a Itália e a Alemanha, nomeadamente, deveriam prestar a devida vassalagem. Beethoven lá acabou por tirar as medidas ao tirano e consta que, irado, rasgou a página inicial que continha a dedicatória. O que é certo é que a sinfonia viria a ser definitivamente dedicada ao príncipe Lobkowitz (1772-1816), famoso patrono das artes. Beethoven lá abriu os olhos, o seu mal era mesmo a surdez, cada vez mais acentuada!


CDs



Symphonies - No.3, "Eroica", Op.55; No.4, Op.60.
Zurich Tonhalle Orchestra
David Zinman
Arte Nova Classics 74321 59214-2

Symphonies - No.3, "Eroica", Op.55; No.5, Op.67.
Royal Concertgebouw Orchestra
Erich Kleiber
Decca Legends 467 125-2

Symphonies - No.3, "Eroica", Op.55; No.5, Op.67; No.9, "Choral", Op.125.
Erna Berger (soprano), Gertrude Pitzinger (contralto),
Walter Ludwig (tenor), Rudolf Watzke (baixo)
Berlin Philharmonic Chorus & Orchestra
Vienna Philharmonic Orchestra
Wilhelm Furtwängler
EMI 5 62875-2