22/05/2005

Maestros #14: Georg Tintner (1917-1999)

Quando em Janeiro deste ano aqui falei de um dos meus maestros favoritos, Günter Wand, referi que um dia aqui traria igualmente o maestro austríaco de nascimento, mais tarde cidadão da Nova Zelândia, Georg Tintner, nascido há 88 anos em Viena.



Quando o Anschluss (união da Alemanha e da Áustria) teve finalmente lugar em Março de 1938, através da invasão da Áustria pelas forças de Hitler, o maestro, de origem judia, rumou à Nova Zelândia.

O seu primeiro contacto com Bruckner aconteceu quando ainda cantava no
Coro dos Rapazes de Viena, e onde teve oportunidade de cantar as 3 grandes missas deste compositor (ver este postal). Nos anos 30 estudou com dois dos mais reputados professores: composição com Joseph Marx (1882-1964) e direcção de orquestras com Felix Weingartner (1863-1942).

Em meados dos anos 50 mudou-se para a Austrália e uma década depois chegou a dirigir a Orquestra Municipal da Cidade do Cabo. Foi curta estadia, a sua repulsa pelo regime do apartheid levou-o a resignar ao fim de 2 meses! Teve uma pequena passagem pelo velho continente, entre 1969 e 1970 fixou residência em Londres, após o que regressou aos nossos antípodas. Viria a passar no Canadá a última fase da sua vida. Por ele mesmo terminada, refira-se, numa altura em que já sofria há alguns anos de um melanoma incurável.

Georg Tintner introduzir a música de Bruckner na Nova Zelândia, lá fundou os Auckland String Players e a Auckland Choral Society, e dirigiu a
New Zealand Opera. Na Austrália regeu a Australian National Opera, a Elizabethan Opera, a West Australian Opera, e a Queensland Philharmonic Orchestra. Foi ainda maestro da Symphony Nova Scotia, da National Youth Orchestra e da Prince George Symphony Orchestra, todas do Canadá.


CDs



Bruckner
Symphony No.1 in C minor (1866 version, ed. Carragan).
Symphony No.3 - Bewegt, quasi Andante (1876 version).
Royal Scottish National Orchestra
Georg Tintner
Naxos 8.554430

Bruckner
Symphony No.2 in C minor (1872 version, ed. Carragan).
Ireland National Symphony Orchestra
Georg Tintner
Naxos 8.554006

Bruckner
Symphony No.3 in D minor (1873 version, ed. Nowak).
Royal Scottish National Orchestra
Georg Tintner
Naxos 8.553454

Bruckner
Symphony No.9 in D minor (ed. Nowak).
Royal Scottish National Orchestra
Georg Tintner
Naxos 8.554268


Internet

http://www.andrys.com/gtta1019.html
http://www.thecanadianencyclopedia.com/index.cfm?PgNm=TCE&Params=U1ARTU0003427