25/06/2005

Concertos #16

O programa é deveras interessante, indo do romantismo tardio à época moderna, incluindo a estreia mundial da nova versão de Yet Another Set To do compositor inglês Mark-Anthony Turnage (1960-).


Tchaikovsky, Turnage, Ravel

A abrir teremos a Patética, de Tchaikovsky (1840-1893), o tal romântico tardio (de que já por
aqui se falou), a que se seguirá a referida obra de Turnage, com o trombonista sueco Christian Lindberg, que foi quem a estreou, terminando com La Valse, de Maurice Ravel (1875-1937), um dos expoentes da era moderna.


Lindberg, ONP, Rundel

À frente da Orquestra Nacional do Porto estará o maestro alemão Peter Rundel, cujo curriculum demonstra bem o seu envolvimento com a música moderna (tocou no Ensemble Modern, colaborou com o Ensemble InterContemporain, gravou obras de Nono, Reich, Turnage, Feldman, Boulez, ...).