03/09/2005

CDs #52: Liszt, Funérailles, Rhapsodie espagnole, Vallée d'Obermann, Sonata

Num espaço de tempo inferior a 2 anos, entre Março de 1810 e Janeiro de 1812, nasceram 3 dos mais extraordinários pianistas do século XIX: Frédéric Chopin (1.Mar.1810-1849), Franz Liszt (22.Out.1811-1886) e Sigismond Thalberg (8.Jan.1812-1871). Todos eles foram igualmente compositores, mas aí Thalberg esteve longe de atingir o brilhantismo dos outros dois, que marcaram indelevelmente o período romântico inicial.


Frédéric Chopin, Franz Liszt, Sigismond Thalberg

As obras para piano estão em maioria na produção de Liszt e, entre elas, encontram-se algumas das mais importantes de todo o repertório pianístico. Uma delas, naturalmente, a Sonata em si menor, terminada em 1853 e estreada em 1857 por Hans von Bülow (1830-1894). Foi uma das obras escritas durante o período mais prolífico de Liszt, aquele que passou em Weimar, entre 1848 e 1861.

Já foi tocada (e gravada) por grandes nomes do piano (Claudio Arrau, Alfred Brendel, Daniel Barenboim, Mikhail Pletnev e Stephen Hough, para nomear apenas alguns), a que se vem agora juntar o brasileiro Arnaldo Cohen, com uma gravação recente (2003) efectuada para a editora BIS.


Arnaldo Cohen

É a principal obra apresentada neste disco, que contém ainda Funérailles (nº7 de Harmonies poétiques et religieuses), Rhapsodie Espagnole e Vallée d'Obermann (nº6 de Années de Pèlerinage: I. Suisse). Funérailles foi escrita em Outubro de 1949, o mês e ano da morte de Chopin.



Franz Liszt
Funérailles. Rhapsodie espagnole. Vallée d'Obermann. Sonata in B minor.
Arnaldo Cohen
BIS CD-1253


Internet

http://membres.lycos.fr/magnier/composit/liszt.html
http://www.d-vista.com/OTHER/franzliszt.html
http://w3.rz-berlin.mpg.de/cmp/liszt.html
http://www.classical.net/music/comp.lst/liszt.html
http://www.artsmg.com/cohen/cohen.htm

Sem comentários:

Enviar um comentário