05/09/2005

Lugares #104

Começada a construir no século XII em estilo românico, a Sé do Porto viu as obras atravessarem vários séculos. Teve ampliações marcadas pelo estilo gótico e, mais tarde, já no século XVIII, sofreu um processo de transformação em templo barroco, que incluiu, nomeadamente, a construção de uma nova fachada principal.



O próprio Terreiro da Sé não ficou incólume à mudança dos tempos e dos gostos. O século XX foi mesmo dos mais marcantes da sua história, pois foi na sua 1ª metade que vários dos edifícios lá existentes foram arrasados: desde quarteirões completos até à casa pertença do conde de Castelo de Paiva, passando pela Cadeia do Bispo e pela Capela dos Alfaiates (Capela de Nª. Srª. de Agosto). Esta última não foi propriamente destruída, mas apenas convidada a mudar de ares, tendo ido aterrar ao local onde ainda hoje se encontra, ao lado do edifício que alberga actualmente a Universidade Moderna.

O espaço originário da cidade do Porto foi o Morro da Sé, e a catedral o seu edifício mais emblemático. Era no Terreiro da Sé que, na idade média, tinha lugar uma das mais importantes feiras da cidade, onde se comercializavam os mais variados bens. Alguns deles careciam de ser medidos e, além de balanças, era de todo conveniente ter um padrão por perto que desse para aferir comprimentos. De preferência um em que se pudesse confiar, não fosse o metro do vizinho ser mais pequeno que o meu! Pois tais medições eram efectuadas na própria fachada principal do edifício da , onde se efectuaram os traços convenientes, e que ainda hoje podem ser observados:



E, já agora, fiquem também a saber que o pelourinho do terreiro é falso, pois foi apenas lá colocado pela Câmara Municipal do Porto no ano de 1945, como embelezamento final das intervenções lá efectuadas... Nunca terá então servido para exibir e/ou castigar em público eventuais criminosos. Talvez ainda se vá a tempo, nós por aqui temos umas ideias sobre fortes candidatos a inaugurar o dito cujo: podia-se começar por aquele senhor de barbas, que fuma muito e está a dar cabo da Avenida dos Aliados!!!


Internet

http://www.ippar.pt/monumentos/se_porto.html
http://www.portoturismo.pt/visitar_porto/percursos/barroco.asp

Sem comentários:

Enviar um comentário