15/09/2005

Obras Vocais #3: Das Lied von der Erde, de Gustav Mahler

Neste postal, publicado em Abril passado, referimos a forma, assaz incomum, como Gustav Mahler (1860-1911) encontrou inspiração para terminar a sua Sinfonia Nº2, durante as exéquias do maestro e pianista Hans von Bülow (1830-1894).

Uns anos antes Bruno Walter (1876-1962) tinha assistido a 2 concertos dirigidos por von Bülow, o primeiro em 1889 e o outro em 1891. Como consequência destes eventos, perdeu-se um promissor pianista e ganhou-se um maestro, um excelente maestro, diga-se, com a curiosidade acrescida de Walter se ter distinguido em particular nas obras de... Gustav Mahler!



Gustav Mahler, Hans von Bülow

Em 1901, Bruno Walter viria mesmo a trabalhar com Mahler na ópera da corte de Viena. Vieram depois tempos difíceis para Mahler, em particular o ano de 1907, em que deixou a Ópera de Viena, pela violenta campanha organizada contra ele pela imprensa anti-semita, a morte da filha mais velha e o diagnóstico de uma doença cardíaca.


Bruno Walter

Das Lied von der Erde, A Canção da Terra, foi composta por essa altura, em Toblach, local onde Mahler passava os Verões (desde a saída de Viena o compositor vivia em Nova Iorque). Embora aqui apelidada de Obra Vocal, Das Lied von der Erde é, na realidade, uma sinfonia composta por 6 canções, com textos baseados na adaptação para a língua alemã efectuada por Hans Bethge (1876-1946) de poemas chineses, maioritariamente do século VIII.

A estreia, póstuma, viria a ter lugar no dia 20 de Novembro de 1911, em Munique, com Bruno Walter à frente da orquestra. Walter nasceu há 129 anos, em Berlim.



Gustav Mahler
Das Lied von der Erde.
Violeta Urmana (contralto), Michael Schade (tenor)
Wiener Philharmoniker
Pierre Boulez
Deutsche Grammophon 469 526-2
(1999)


Internet

http://www.mahlerarchives.net/DLvDE/DLvDE.htm
http://en.wikipedia.org/wiki/Bruno_Walter
http://www.geocities.com/walteriana76/BWrecordsB.htm

Sem comentários:

Enviar um comentário