22/10/2005

CDs #59: Liszt, Sonata, Ballades and Polonaises

Na 3ª década do século XIX apenas o pianista Sigismond Thalberg (1812-1871) conseguia rivalizar com Franz Liszt (1811-1886), que por essa altura se dividia entre a carreira internacional de pianista e a composição.


Sigismond Thalberg, Franz Liszt

O próprio Thalberg interpretou maioritariamente obras de sua autoria mas, ao contrário de Liszt, o seu nome é hoje poucas vezes pronunciado. Entre 1839 e 1847, para arranjar fundos para um monumento a Beethoven a erguer em Bona, Liszt efectuou uma turné formidável, abrangendo diversos países europeus, Rússia e Turquia incluídos. O sucesso foi de tal ordem que deu origem a uma nova palavra: Lisztomania...


Casa de Liszt em Weimar

Liszt raramente viria a tocar novamente em público, tendo-se instalado em Weimar, onde ficou como Kapellmeister. O período passado em Weimar, entre 1848 e 1861, coincidiu com o mais produtivo do compositor, tendo escrito, entre outras obras, a grande Sonata para Piano em si menor, finalizada em Fevereiro de 1853 e dedicada a Robert Schumann (1810-1856). É a maior obra para piano que Liszt escreveu, e uma das mais apreciadas de todo o repertório pianístico. Há mesmo quem diga que, tivesse Liszt escrito apenas esta sonata, garantiria na mesma um lugar entre os maiores mestres! Liszt nasceu no dia 22 de Outubro de 1811, há precisamente 194 anos.


Stephen Hough

Naturalmente que a sonata foi tocada por todos os grandes pianistas, mas hoje trazemos aqui um disco, extraordinário, de um igualmente conhecido, mas não tão badalado: Stephen Hough. A gravação é de Novembro de 1999, e Hough toca ainda 2 Polonaises, 2 Baladas e a Berceuse, S174:



Franz Liszt
Two Polonaises, S223.
Ballade No.1 in D flat major, S170.
Ballade No.2 in B minor, S171.
Berceuse, S174.
Piano Sonata in B minor, S178.
Stephen Hough (piano)
Hyperion CDA67085


Internet

http://www.nndb.com/people/114/000098817/
http://www.stephenhough.com/
http://en.wikipedia.org/wiki/Piano_Sonata_(Liszt)
http://www.d-vista.com/OTHER/franzliszt.html
http://membres.lycos.fr/magnier/composit/liszt.html

Sem comentários:

Enviar um comentário