31/10/2005

Obras Orquestrais #4: Kammermusik, de Paul Hindemith (1895-1963)

Do compositor alemão Paul Hindemith (1895-1963) ainda pouco se falou por aqui, apenas de passagem aquando de um concerto em que foi interpretada a sua Sinfonia Mathis der Maler, uma obra de 1934.


Paul Hindemith

Uns anos antes, em 1927, Paul Hindemith tinha entrado para a Hochschule de Berlim, como professor de composição. Foi nesse mesmo ano que Franz Schreker
(1878-1934) solicitou os bons serviços de Hindemith e conseguiu entrar para a mesma instituição, igualmente como professor de composição.

Hindemith iniciou em 1921 um ciclo de obras orquestrais que designou por Kammermusiken, ou músicas de câmara. O nome resulta do facto de as peças terem sido escritas para formações de câmara ampliadas, para um máximo de 25 instrumentistas. Compôs, ao todo, 7, e para diversos instrumentos solistas: piano, violoncelo, violino, viola, viola-de-amor e órgão. Apenas a Kammermusik Nº1 não tem nenhum instrumento solista. A Kammermusik Nº2 estreou-se há 81 anos, no dia 31 de Outubro de 1924.


CDs



Paul Hindemith
Kammermusik Nos.1-7. Kleine Kammermusik.
Leo van Doeselaar (órgão), Ronald Brautigam (piano), Lynn Harrell (violoncelo),
Kim Kashkashian (viola), Norbert Blume (viola-de-amor), Konstanty Kulka (violino)
Royal Concertgebouw Orchestra
Riccardo Chailly
Decca 473 7222
(1992)

Paul Hindemith
Kammermusik - No.2, Op.36 No.2; No.3, Op.36 No.2; No.6, Op.46 No.1; No.7, Op.46 No.2.
Georg Faust (violoncelo), Wolfram Christ (viola), Lars Vogt (piano),
Wayne Marshall (órgão)
Berlin Philharmonic Orchestra
Claudio Abbado
EMI 5 56831-2
(2000)


Internet

Paul Hindemith
Hindemith Foundation
/ Biografia 1 / Biografia 2 / Biografia 3

Franz Schreker
Franz Schreker Foundation
/ Biografia 1 / Biografia 2 / Obras

Sem comentários:

Enviar um comentário