04/12/2005

Concertos #29

Em 1801, com apenas 30 anos, o compositor alemão Ludwig van Beethoven (1770-1827), numa carta enviada a amigos escrevia qualquer coisa como isto: "(...) Mas esse demónio invejoso, a minha desgraçada saúde, tem sido uma enorme contrariedade; resultando em que, nos últrimos três anos, a minha audição tem ficado cada vez mais fraca". (1)

Em 1818, Beethoven estava completamente surdo. Nos 3 anos seguintes escreveria obras importantes, como as Variações Diabelli, a Missa Solemnis, e as três últimas Sonatas para Piano. Apenas em 1822 faria um interregno, por problemas de saúde e pelo abalo sentido com a morte de Josephine Stackelberg (1779-1821), por quem tinha um fraquinho desde a primeira vez que com ela se cruzou, em 1799 em Viena.

As estreias, bem sucedidas, da Missa Solemnis e da Sinfonia Nº9, em 1824, deixaram o compositor quase indiferente, incomodado com os problemas de saúde que se agravavam. Nada que parasse a sua força criadora, contudo, e nos últimos 2 anos de vida Beethoven comporia ainda diversas obras, na sua maioria música de câmara, com particular destaque para os Quartetos de Cordas.

O quarteto que esta tarde se vai ouvir na
Casa da Música, no Porto, é o primeiro dos 3 que Beethoven dedicou ao príncipe russo Nikolas Galitzin. As inovações que estes quartetos apresentam quanto à forma, textura e ritmo, mostram a genialidade do compositor, mantida até ao fim.

Na primeira parte o Quarteto Borodin (ver
este e este postais) interpretará os Quartetos Nºs. 12 e 7 de Dmitri Shostakovich (1906-1975). Este é aquele quarteto que em 2005 celebra o seu 60º ano de existência, e a que o violoncelista Valentin Berlinky pertence desde a fundação... Destes quartetos de Shostakovich falar-se-á noutra altura, que a prosa já vai longa.

Uma curiosidade: a 4 semanas do fim do mês e, por tabela, do ano, ainda nada se sabe da programação da Casa da Música para 2006. Não sei eu, assim como não sabem todos aqueles que procuram em vão nas páginas da Casa da Música na internet. Mas também não sabem os próprios funcionários da casa que, quando interrogados, esboçam sorrisos embaraçados e prometem que ela será divulgada até ao fim do mês. Não seria má ideia...


Internet

Ludwig van Beethoven:
Mad About Beethoven / A Música de Beethoven / The Works of Ludwig van Beethoven
Quarteto Borodin:
Biografia 1 / Biografia 2


Referências

(1) The Lives & Times of The Great Composers, de Michael Steen

Sem comentários:

Enviar um comentário