04/01/2006

Meios-Sopranos #2: Grace Bumbry (1937-)

Grace Bumbry, que hoje celebra o seu 69º aniversário, começou a carreira como meio-soprano, cerca de 10 anos depois já abraçava o repertório de soprano, e mais tarde voltou à versão inicial. Admirados? Então esperem pelas outras histórias...


Grace Bumbry

Estreou-se em palco em 1960, em Paris, com Amneris (Aida, Verdi) e no ano seguinte foi ao Bayreuth fazer o papel de Venus, no Tannhäuser, de Wagner. Maior que a escandaleira provocada pela presença de uma negra só mesmo o estrondo dos aplausos recebidos, tal o sucesso que obteve...

Em 1967 nova originalidade, ao ser a primeira soprano em versão topless, para fazer o papel de Poppea na ópera L'Incoronazione di Poppea, de Claudio Monteverdi (1567-1643)...

Para manter uma reputação digna de uma prima donna, pouco tempo depois recusou em absoluto desempenhar o papel de Donna Anna, no Don Giovanni, de Mozart. Resultado, o autor do convite,
Herbert von Karajan, nunca mais voltou a falar com a senhora...


CDs



Verdi
Aida.
Birgit Nilsson, Franco Corelli, Grace Bumbry, Mario Sereni
Coro e Orchestra del Teatro dell'Opera di Roma
Zubin Mehta
EMI 7 63229-2

Verdi
Don Carlo.
Dietrich Fischer-Dieskau, Martti Talvela, Tugomir Franc, Nicolai Ghiaurov,
Grace Bumbry, Renata Tebaldi, Jeanette Sinclair, John Wakefield, Carlo Bergonzi
Chorus & Orchestra of the Royal Opera House, Covent Garden
Georg Solti
Decca 421 114-2


DVD



Grace Bumbry
A Hommage to Lotte Lehmann.
Canções de Schubert, Brahms, Liszt, Berlioz, Schumann, Strauss, Obradors e Bizet.
Grace Bumbry, Helmut Deutsche (piano)
TDK DV-VTGB-EUR


Internet

http://en.wikipedia.org/wiki/Grace_Bumbry
http://www.lottelehmann.org/lehmann/llf/about/profiles/llf_advisoryProfile44.html

Sem comentários:

Enviar um comentário