08/01/2006

Quintetos com Piano #1: Quinteto para Piano e Cordas, Op.44, de Schumann

"O seu Quinteto, meu muito caro Schumann, agradou-me deveras; pedi à sua cara esposa que o tocasse duas vezes. Ainda trago muito presentes no espírito os dois primeiros andamentos. Quanto ao Finale, ter-me-ia sem dúvida agradado mais se o tivesse podido escutar uma vez isoladamente. Vejo o caminho que pretende seguir, e posso assegurar-lhe que é também o meu, nele se encontra a única possibilidade de salvação: a beleza".

O texto é de Richard Wagner (1813-1883), após ter ouvido, em Dresden, o Quinteto para Piano e Cordas, Op.44, de Robert Schumann (1810-1856). Estava-se em Fevereiro de 1843 e a obra tinha sido estreada pouco tempo antes, no dia 8 de Janeiro, passam hoje 163 anos.

Não foi opinião consensual, todavia, e, como em (quase) tudo na vida, houve quem não nutrisse especial admiração pela obra. A começar por Hector Berlioz (1803-1869), alvo de um ódio de estimação de Clara Schumann, pelo facto de a audição do quinteto o ter deixado "indiferente, frio e mesmo impertinente". E já agora Franz Liszt (1811-1886) que, em Junho de 1848, não se limitou a não gostar da obra, ainda fez questão de troçar dela e referir-se a Mendelssohn (1809-1847) de uma forma pouco simpática.

A admiração de Schumann por Mendelssohn já vinha do passado, desde a altura em que este terminou os seus Quartetos, Op.44, aí por volta de 1838. Estes quartetos viriam a influenciar decisivamente Schumann que, assim que terminou os seus, em 1842, fez questão de que Mendelssohn os ouvisse logo que possível, o que veio a acontecer em Setembro desse ano. O próprio Schumann viria depois a revelar o prazer que sentiu quando Mendelssohn exprimiu admiração pelo que acabara de ouvir. Compreender-se-á então o sururu que a atitude de Liszt levantou, apenas meio ano depois do falecimento de Mendelssohn e sabendo o quanto Schumann tinha ficado afectado pelo trágico acontecimento.


CDs



Robert Schumann
Piano Concerto in A minor, Op.54. Piano Quintet in E flat major, Op.44.
Maria João Pires (piano), Augustin Dumay, Renaud Capuçon (violinos),
Gérard Caussé (viola), Jian Wang (violoncelo)
Chamber Orchestra of Europe
Claudio Abbado
Deutsche Grammophon 463 179-2

Robert Schumann
Andante and Variations, Op.46. Fantasiestück, Op.73.
Märchenbilder, Op.113. Piano Quintet, Op.44.
Martha Argerich, Alexandre Rabinovitch (pianos), Mischa Maisky,
Natalia Gutman (violoncelos), Marie Luise Neunecker (trompa),
Dora Schwazberg, Lucy Hall (violinos), Nobuko Imai (viola)
EMI 5 57308-2

Robert Schumann
Piano Quintet in E flat major, Op.44.
Johannes Brahms
Piano Quartet No.2 in A major, Op.26.
Clifford Curzon (piano), Budapest Quartet
Naxos 8.110306

Robert Schumann
Piano Quintet in E flat major, Op.44.
Gabriel Fauré
Piano Quintet No.2 in C minor, Op.115.
James Ehnes, Mira Wang (violinos), Naoko Shimizu (viola),
Jan Vogler (violoncelo), Louis Lortie (piano)
Sony Classical SMK93038


Internet

Robert Schumann: Catalogue
/ Carolina Classical / Classical Music Pages

Sem comentários:

Enviar um comentário