08/03/2006

CDs #74: Delius, Orchestral Works, Volume 3

Em 1902, Frederick Delius (1862-1934) terminou a versão definitiva de Appalachia, que teria a sua estreia no dia 15 de Outubro de 1904, sob a direcção de Hans Haym, que viria mesmo a tornar-se no grande promotor da música de Delius na Alemanha.

Appalachia, que tem como sub-título "Variações sobre um velho canto de escravos", foi inspirada num melodia que Delius ouviu cantada numa fábrica de tabaco na Virgínia, e herdou o seu nome da denominação dada antigamente pelos índios ao continente norte-americano. Em 1907, Thomas Beecham (1879-1961) ouviu-a em Londres, e ficou imediatamente adepto: "Here at last was modern music of native growth in which it was possible with uninhibited sincerity to take pride and delight".

E se Delius já tinha um grande defensor na Alemanha, arranjou um ainda maior no Reino Unido. Citemos de novo Beecham: "I formed the unshakeable resolution to play as much of it as I could lay my hands on whenever I had the opportunity (...)". Se bem o disse, melhor o fez! Nos 50 anos que se seguiram, Beecham deu à música de Delius um destaque espantoso, a tal ponto que os dois nomes se tornaram indissociáveis, caso raro, senão único, na música do século XX.

Thomas Beecham faleceu em Londres45 anos, no dia 8 de Março de 1961.



Frederick Delius
Orchestral Works, Volume 3.
Brigg Fair - An English Rhapsody. Koanga: La Calinda (arr. Fenby).
Hassan: Closing Scene (words by James Elroy Flecker). Irmelin Prelude.
Appalachia (Variations on an old Slave Song with Final Chorus).
Jan van der Gucht (tenor)
Royal Opera Chorus
BBC Chorus
London Philharmonic Orchestra
Thomas Beecham
Naxos Historical 8.110906
(1928, 1938)


Internet

Frederick Delius: International Cyclopedia of Music and Musicians / Official Delius Website / The Music of Frederick Delius
Thomas Beecham: Bach Cantatas / Wikipedia / Sir Thomas Beecham

Sem comentários:

Enviar um comentário