14/04/2006

CDs #79: Taneyev, Chamber music

Tal como em várias outras ocasiões, a ideia inicial era a de estar aqui hoje a dizer umas coisas sobre mais um daqueles compositores menos conhecidos, neste caso o russo Sergei Taneyev (1856-1915). Ideia rapidamente posta de parte, pelo facto de na caixa do CD que era suposto servir de base à dissertação alguém ter colado um papel com a seguinte frase: "Sergei Taneyev foi uma figura chave na história da música russa, o maior polifonista depois de Bach". O autor de tão peremptória afirmação foi o pianista e maestro, igualmente russo, Mikhail Pletnev (1957-), que estará no próximo mês de Maio na Casa da Música a dirigir a Orquestra Nacional Russa. Escusado será dizer que já possuo o rectângulo mágico...

Os que por aqui vão ocasionalmente passando, lembrar-se-ão porventura da história
da recusa de Nikolai Rubinstein (1835-1881) em tocar o Concerto para Piano que Tchaikovsky (1840-1893) lhe tinha escrito. Pois Taneyev foi aluno de ambos no Conservatório de Moscovo, tendo estudado piano com o primeiro e composição com o segundo. A mais ambiciosa obra de Taneyev foi a ópera em 3 actos Oresteya, estreada em S. Petersburgo no dia 29 de Outubro de 1895. A música de câmara, contudo, foi o estilo que mais cultivou, entre trios, quartetos e quintetos de cordas, além de sonatas para violino e piano.



Este disco da Deutsche Grammophon inclui precisamente duas dessas obras, o Quinteto em sol menor, Op.30, e o Trio em ré maior, Op.22, e apresenta um conjunto notável de músicos: ao referido Pletnev juntaram-se os violinistas russos Vadim Repin e Ilya Gringolts, a violista japonesa Nobuko Imai e o violoncelista norte-americano Lynn Harrell. E, ao contrário do que acontece amiúde, lembremo-nos, por exemplo, daquele conjunto de primas-donas madrilenas incapazes de formarem uma equipa digna desse nome, neste caso o conjunto notável de instrumentistas deu origem a um disco notável, porque notáveis são igualmente as interpretações. E quando assim é, temos boas audições garantidas!




Sergei Taneyev
Quintet for Piano, 2 Violins, Viola and Violoncello in G minor, Op.30.
Trio for Piano, Violin and Violoncello in D major, Op.22.
Vadim Repin, Ilya Gringolts (violinos), Nobuko Imai (viola),
Lynn Harrell (violoncelo), Mikhail Pletnev (piano)
Deutsche Grammophon 477 5419
(2003)


Internet

Karadar Classical Music
/ Guardian Unlimited / Wikipedia

Sem comentários:

Enviar um comentário