18/05/2006

Baixos #1: Boris Christoff (1914-1993)

O búlgaro Boris Christoff começou por se dedicar ao estudo das leis, e os primeiros proventos vieram mesmo da sua actividade como juiz. Na altura já cantava num coro, e foi aí que a sua voz começou a ser notada. De tal forma, que acabou por ganhar uma bolsa de estudo, que lhe permitiu ir para Roma estudar com o barítono italiano Riccardo Stracciari (1875-1955). Estavam lançadas as bases para a carreira do extraordinário baixo Boris Christoff, nascido há 92 anos.



Continuaria ainda os estudos em Salzburgo, e a sua estreia oficial viria a acontecer apenas após terminado o conflito mundial. Foi em Dezembro de 1945 em Itália, para onde tinha regressado entretanto. O ponto marcante da sua carreira seria em 1949 quando, na sua estreia no Covent Garden, interpretou Boris Godunov na ópera homónima de Modest Mussorgsky (1839-1881). O êxito foi tal que lhe garantiu a fama de um dia para o outro, e ser comparado ao outro grande baixo russo, Feodor Chaliapin (1873-1938).

Interpretou papéis dos mais variados compositores, de Handel a Wagner, mas nós por aqui temos em especial apreço as interpretações que fez do já referido Boris Godunov, bem como as de Filippo II, na ópera Don Carlo de Verdi (1813-1901), e de Méphistophélès, no Fausto de Gounod (1818-1893).


CDs



Modest Mussorgsky
Boris Godunov.
Boris Christoff, Ana Alexieva, John Laginan, Dimitr Ouzounov, Evelyn Lear, Anton Diakov
Sofia National Opera Chorus
Paris Conservatoire Orchestra
André Cluytens
EMI GROC 5 67877-2

Modest Mussorgsky
The Nursery. Sunless. Songs and Dances of Death.
Boris Christoff (baixo), Alexandre Labinsky (piano)
Orchestre National de la Radiodiffusion Française
Georges Tzipine
EMI GROC 5 67993-2

Giuseppe Verdi
Simon Boccanegra.
Tito Gobbi, Victoria de los Angeles, Boris Christoff, Paolo Dari, Sylvia Bertona
Rome Opera Chorus & Orchestra
Gabriele Santini
EMI Références 5 67483-2


Internet

http://chalosse.free.fr/masterpieces/step-one/christoff.htm
http://www.borischristoff.dir.bg/aboutus.htm
http://www.operaitaliana.com/autori/interprete.asp?ID=121

1 comentário:

  1. Esse gajo tem um ar tão sinistro, que mais parece é o Boris Karloff !

    ResponderEliminar