19/05/2006

Concertos #40

Modest Mussorgsky (1839-1881) foi um dos membros do Grupo dos Cinco, fundado na década de 1860, a que também pertenceram Mily Balakirev (1837-1910), Alexander Borodin (1833-1887), César Cui (1835-1918) e Nikolai Rimsky-Korsakov (1844-1908), com a ambição de criar uma escola nacionalista russa (ver este postal de Novembro do ano passado).

Mussorgsky tinha conhecido Balakirev pouco tempo antes e aproveitou a oportunidade para com ele consolidar os seus conhecimentos musicais, nomeadamente a nível de composição. A ópera Boris Godunov foi o seu primeiro grande projecto, iniciada em 1868 e baseada no drama homónimo de Aleksandr Pushkin
(1799-1837), que já anteriormente havia fornecido o material para a ópera Ruslan e Lyudmila, de Mikhail Glinka (1804-1857).

Em 1874 teve lugar uma exposição de desenhos e maquetas do arquitecto e pintor Victor Hartmann (1834-1873), amigo pessoal de Mussorgsky que, inspirado pelos quadros que lá viu, decidiu compôr um ciclo de peças para piano, Kartinki s vïstavki (Quadros de Uma Exposição), dedicado à sua memória. Com estas peças Mussorgsky procurou descrever musicalmente as cenas apresentadas nos diversos quadros, adicionando vários Promenade para representar as deambulações do próprio compositor no espaço da exposição.



Esta será, porventura, uma das obras mais orquestradas de sempre, dando-se o caso de uma dessas versões, a de Maurice Ravel (1875-1937), ser mais conhecida que o próprio original. É precisamente a versão de Ravel que será tocada esta noite na Casa da Música, na 2ª parte do concerto com a Orquestra Nacional Russa
sob a direcção de Mikhail Pletnev (1957-).


Programa

Sergei Taneyev
Abertura Russa.
Pyotr Ilyich Tchaikovsky
Sleeping Beauty.
Modest Mussorgsky
Quadros de Uma Exposição.
Orquestra Nacional Russa
Mikhail Pletnev


Internet

Modest Mussorgsky
Classical Music Pages
/ Modest Petrovich Mussorgsky / Bilder einer Ausstellung / Images for Pictures for an Exhibition

Mikhail Pletnev
Unofficial Web Site / Russian National Orchestra / Calouste Gulbenkian Foundation

Sem comentários:

Enviar um comentário