23/07/2006

Concertos #43

O compositor húngaro György Ligeti (1923-2006), de quem se falou aqui recentemente aquando do seu falecimento, foi particular e tragicamente afectado pelas perseguições das autoridades nazis, tendo mesmo sido internado num campo de trabalhos forçados entre 1944 e 1945. Por essa altura perdeu pai e irmão, mortos em Auschwitz. Não perdeu, contudo, o ânimo para continuar a estudar música e, uma vez libertado, regressou aos estudos com Ferenc Farkas (1905-2000), na Academia Franz Liszt, em Budapeste. Depois de um período de cerca de um ano em que se dedicou a investigar a música folclórica romena, Ligeti regressou à Academia de Budapeste, desta vez como professor (de harmonia, contraponto e análise formal), cargo que desempenhou até 1956. Nessa altura chegou a revolução e... partiu Ligeti, rumo a Viena.

Foi tempo para conhecer alguns dos mais conceituados compositores vanguardistas, como Karlheinz Stockhausen (1928-) e para começar a escrever obras mais progressistas, algo que até então lhe tinha sido vedado pelo regime comunista húngaro. São dessa época algumas das suas obras mais representativas: Artikulation (1958), uma das suas primeiras peças electrónicas, Apparitions (1958-59), Atmosphères (1961) e o Requiem, de 1965, ano em que se estreou com grande sucesso em Estocolmo.

Ramifications, que vai abrir o concerto da
Northern Sinfonia esta tarde na Casa da Música, foi uma obra escrita por Ligeti entre 1968 e 1969, havendo em versão para orquestra de cordas (estreada no dia 23 de Abril de 1969) e para doze cordas solistas (versão estreada a 1 de Outubro de 1969). O concerto prosseguirá com a Sinfonia Nº4 de Robert Schumann (1810-1856), e a 2ª parte será preenchida com o Concerto para Violino e Orquestra de Johannes Brahms (1833-1897).


György Ligeti
Ramifications.
Robert Schumann
Sinfonia Nº4, Op.120.
Johannes Brahms
Concerto para Violino e Orquestra, Op.77.
Thomas Zehetmair (violino)
Northern Sinfonia
Thomas Zehetmair


Internet

György Ligeti
Biography / Ramifications / Wikipedia / Classical Music Pages

Sem comentários:

Enviar um comentário