01/07/2006

Obras para Piano #4: Trois Gymnopédies, de Erik Satie

A resposta francesa ao grupo d'Os Cinco foi dada em 1917, quando Georges Auric (1899-1983), Louis Durey (1888-1979), Arthur Honegger (1892-1955), Darius Milhaud (1892-1974), Francis Poulenc (1899-1963) e Germaine Tailleferre (1892-1983) formaram Les Nouveaux Jeunes, incentivados pelo escritor e cineasta Jean Cocteau (1889-1963). Em 1920 o crítico (e compositor) Henri Collet (1885-1951) deu-lhes o nome com que ficariam para a posteridade, Les Six, por óbvia analogia com o grupo dos compositores russos.

Apesar de não pertencer formalmente ao grupo, Erik Satie (1866-1925) esteve-lhe intimamente ligado, pela influência artística que exerceu (pela prossecução do ideal da simplicidade) e por com ele ter colaborado, nomeadamente no conhecido Album des Six, constituído exclusivamente por obras instrumentais para piano.

Pois são precisamente para piano algumas das peças mais conhecidas de Satie; entre elas, as 3 Gymnopédies, escritas entre Fevereiro e Abril de 1888, encaixando-se na perfeição no tal ideal de simplicidade e concisão. Ou, como o próprio Jean Cocteau disse, "La musique de Satie va toute nue". As (lent et douloureux) e (lent et grave) Gymnopédies foram orquestradas em 1897 por Claude Debussy (1862-1918), apenas tendo ficado de fora a (lent et triste), dedicada por Erik Satie a Conrad, seu irmão.

Erik Satie faleceu há 81 anos, no dia 1 de Julho de 1925.


CDs




Erik Satie
Trois Gymnopédies. Six Gnossiennes. Embryons desséchés.
Trois morceaux en forme de poire. Descriptions automatiques.
Deux valses. La belle escentrique.
Anne Queffélec, Catherine Collard (pianos)
Virgin Classics 5 61846-2
(1988, 1990)

Erik Satie
Trois Gymnopédies. Pièces Froides - Airs à faire fuir.
Embryons desséchés. Véritable Préludes Flasques (pour un chien).
Je te veux. Sports et Divertissements. Avant-dernières Pensées.
Joanna MacGregor (piano)
Sound Circus SC902
(1989)

Erik Satie
Trois Gymnopédies. Trois Gnossienes. Sports et Divertissements.
Morceaux enf forme de poire. Avant-dernières Pensées.
La Diva de l'Empire. Trois Sarabandes.
Laurence Allix (piano)
Ensayo 3402

Erik Satie
Trois Gymnopédies. Je te veux. Quatre Préludes Flasques.
Nocturne Nº4. Vieux sequins et vieilles cuirasses.
Embryons desséchés. Six Gnossienes. Sonatine bureaucratique.
Le Picadilly.
Pascal Rogé (piano)
Decca 475 7527


Internet

Erik Satie
Erik Satie - Compositeur de Musique
/ Musicologie.org / Wikipedia

Les Six
XXth Century - Les Six / Wikipedia

3 comentários:

  1. Há uma obra para orquestra de Satie de que não recordo o nome, bastante bem humorada, que até reproduz ruídos da grande cidade, como sirenes de ambulâncias: Um espectador, à saída da "première", afirmou: «se soubesse que era tão divertido tinha trazido os miúdos»!

    ResponderEliminar
  2. Não conheço em detalhe as obras orquestrais de Satie. Não seria, porventura, a suite "La belle eccentrique"? Ouvia-a uma vez, já há alguns anos, e recordo-me de que humor era coisa que não lhe faltava.

    Saudações,

    HVA

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pelo destaque, caro HVA. Aproveito para recordar que ontem ( dia 8 ) começou o Festival de Opera e Mùsica Clássica em Ponte de Lima - OPERA FABER - e o programa deste ano promete.

    ResponderEliminar