25/08/2006

Baixos-Barítonos #2: José van Dam (1940-)

Frédéric Anspach (1908-), tenor belga, foi professor de canto nos Conservatórios Reais de Liège e de Bruxelas, onde teve como alunos, entre outros, o baixo Jules Bastin (1933-1996) e o baixo-barítono José van Dam (1940-), que hoje celebra o seu 66º aniversário.

Depois de terminado o conversatório, van Dam mudou-se para Paris, onde integrou o elenco da respectiva Ópera, e estreou-se em 1961 com o papel de D. Basílio em Il Barbieri di Siviglia, de Gioacchino Rossini (1792-1868). Entre 1967 e 1973 integra a
Deutsche Oper Berlin e, em 1968, faz a sua primeira aparição em Salzburgo onde, sob a direcção de Herbert von Karajan (1908-1989), canta os vilões em Les Contes d'Hoffmann, de Jacques Offenbach (1819-1880).

Salzburgo seria, aliás, um dos vários palcos em que brilhou intensamente. Foi durante o respectivo festival que, por exemplo, em 1998, teve lugar uma extraordinária récita da ópera Saint François d'Assise de
Olivier Messiaen (1908-1992), com van Dam no papel principal, récita esta disponível em disco editado pela Deutsche Grammophon. Foi o próprio van Dam quem, em 1983, tinha criado pela primeira vez este personagem, aquando da estreia da ópera no dia 28 de Novembro. E sobre quem Messiaen teceu rasgados elogios, tendo dito ser van Dam, na sua opinião, "o maior barítono vivo".


CDs



Richard Strauss
Salome.
Hildgard Behrens (soprano), José van Dam (baixo-barítono),
Karl-Walter Böhm, Wieslaw Ochman (tenores), Agnes Baltsa,
Heljä Angervo (meios-sopranos)
Vienna Philharmonic Orchestra
Herbert von Karajan
EMI GROC 5 67080-2
(1977-8)

Olivier Messiaen
Saint François d'Assise.
Dawn Upshaw (soprano), José van Dam (baixo-barítono),
Chris Merritt, John Aler, Guy Renard (tenores),
Urban Malmberg (barítono)
Arnold Schoenberg Choir
Hallé Orchestra
Deutsche Grammophon 20/21 445 176-2
(1998)

Jules Massenet
Manon.
Angela Gheorghiu, Anna Maria Panzarella (sopranos),
Roberto Alagna, Gilles Ragon (tenores), Earl Patriarco,
Nicolas Rivenq (barítonos), José van Dam (baixo-barítono),
Sophie Koch (meio-soprano)
Chorus of La Monnaie
Symphony Orchestra of La Monnaie
Antonio Pappano
EMI 5 57005-2


DVD



Giuseppe Verdi
Il trovatore.
Plácido Domingo (tenor), Raina Kabaivanska (soprano), Piero
Cappuccilli (barítono), Fiorenza Cossotto (meio-soprano),
José van Dam (baixo-barítono)
Vienna State Opera Chorus
Vienna State Opera Orchestra
Herbert von Karajan
TDK DV-CLOPIT
(1978)


Internet

José van Dam
Bach Cantatas / Wikipedia / José van Dam

2 comentários:

  1. Viva HVA!

    Van Dam é, de facto, um dos maiores baixo-barítono´s de hoje, apesar de estar já numa fase decadente...

    Mas, mas... Como não mancionar O seu grande, gramde Hans Sach - o melhor de todos os que conheço -, que gravou com Solti, em 1990???

    É tremendamente humano!! Já agora, aqui vai a referência (DECCA) 00289 470 8002.

    Um abraço ;-)

    João

    ResponderEliminar
  2. Caro João,

    É sempre com expectativa e interesse que aguardo os seus comentários; os mesmos, aliás, com que leio o seu blogue, onde aprendo imenso. Das coisas operáticas sou pouco mais do que um curioso e, em relação ao Die Meistersinger, temo não conhecer suficientemente a versão que refere. Imperdoável, pensará certamente, ou não fosse contar, além de van Dam, com a admirável Karita Mattila...

    Obrigado pela sugestão, vou procurar uma oportunidade para ouvir este disco.


    Saudações,

    HVA

    ResponderEliminar