21/08/2006

Lugares #141

O mais conceituado arquitecto português da actualidade tem uma visão para o Porto. Diligentemente aplicada na sua mais emblemática avenida, o sizento granítico da moda deixou-a despida e sem vida. De que lado estará a razão? Do visionário que a transformou, ou de todos os outros, simples mortais incapazes de compreender a beleza da obra, e que dela fogem como o diabo da cruz?!


4 comentários:

  1. A única coisa interessante são os candeeiros da Schreder !

    ResponderEliminar
  2. ou por outra, de quem é a cidade?

    ResponderEliminar
  3. As fotografias foram tiradas este mês de Agosto, num Sábado à tarde. Não conheço muitas cidades que se possam gabar de, numa altura semelhante, terem o seu centro completamente deserto.


    Saudações,

    HVA

    ResponderEliminar
  4. Fez hoje uma semana que eu visitei o Porto. Como fiquei triste por não ver os canteiros de flores, a relva e os bancos que ladeavam os jardins. Espero que o próximo presidente da Câmara tome a decisão política de repor o património delapidado em lugar tão encantador do Porto.

    ResponderEliminar