31/08/2006

Lugares #143

Algumas das raízes aqui do agregado são da região de Dão-Lafões, algo já anteriormente referido nestas páginas. Um dia destes fomos até Vouzela atraídos, entre outras coisas, pelos pastéis típicos lá do sítio, óptimos para elevar o espírito... e o nível do colesterol. Para os eventuais interessados, basta que procurem o centro histórico da localidade e façam uma visita à pastelaria, que fica logo ali ao lado da igreja de S. Frei Gil.

Satisfeita a gulodice, o destino seguinte foi uma pequena freguesia, de pouco mais de 700 habitantes e com o curioso nome de Paços de Vilharigues. Refira-se já agora que as tais 700 almas se distribuem por 4 povoações, sendo uma delas a de Vilharigues. E é nesta que se encontra o principal motivo de interesse, e aquele que nos levou a tal deslocação: a torre medieval que a encima, a Torre de Vilharigues, construção dos finais do século XIII ou inícios do XIV, de que apenas restam de pé duas das quatro paredes. Nas que sobraram observam-se dois vistosos mata-cães, nome que sempre achei curioso: não bastava aos defensores usarem-nos para arremessar tudo e mais alguma coisa sobre os esforçados atacantes, o que incluía por vezes alguns líquidos previamente aquecidos, como ainda lhes chamavam nomes...




Internet

Torre de Vilharigues
Wikipédia / Câmara Municipal de Vouzela / Neoarqueo

Sem comentários:

Enviar um comentário