05/01/2007

Concertos para Violino #4: Concerto para Violino Nº1, de Max Bruch

Max Bruch (1838-1920) não será, seguramente, dos compositores mais conceituados, com tudo o de subjectivo que tal opinião acarreta. O facto de se ter dedicado assiduamente a escrever bonitas e imaginativas melodias, mas marcadamente conservadoras, explica tal facto. Explica ainda o de raramente por aqui termos mencionado o seu nome; e, se tal aconteceu, foi devido às suas actividades de professor na Berlin Hochschule für Musik, onde leccionou entre 1890 e 1910. Compôs obras corais, óperas, sinfonias e concertos. E, se em vida, foi considerado principalmente como um compositor de obras vocais, foram as concertantes que lhe sobreviveram, das poucas obras que dele vão sendo tocadas. Destas, o lugar de honra vai direitinho para o Concerto para Violino Nº1 que, dos 3 que escreveu para esse instrumento é, de longe, o mais executado. O que é de todo notável, se nos lembrarmos de que esta foi a primeira obra orquestral de grandes dimensões publicada pelo compositor, e com a qual obteve um sucesso impossível de atingir por qualquer outras das suas obras.

Denotando fortes influências de Felix Mendelssohn
(1809-1847) e Johannes Brahms (1833-1897) foi, tal como o Concerto para Violino deste último, dedicado ao grande violionista Joseph Joachim (1831-1907) que, também aqui, foi responsável pela introdução de alterações significativas na partitura. É que, afinal, nem tudo foram facilidades!: inicialmente esboçada em 1857, teve a sua estreia apenas em 1866 e, diga-se em abono da verdade, com pouco sucesso. O que levou Bruch a retirá-la e a introduzir-lhe alterações, várias delas sugeridas por Joseph Joachim, a quem a obra foi dedicada e que a estreou no dia 5 de Janeiro de 1868.


CDs



Max Bruch
Violin Concerto No.1 in G minor, Op.26.
Carl Nielsen
Violin Concerto, FS61.
Nikolaj Znaider (violino)
London Philharmonic Orchestra
Lawrence Foster
EMI 5 56906-2
(1999)

Max Bruch
Violin Concertos - No.1 in G minor, Op.26; No.3 in D minor, Op.58.
Pablo de Sarasate
Navarra, Op.33.
Chloë Hanslip, Mikhail Ovrutsky (violinos)
London Symphony Orchestra
Martyn Brabbins
Warner Classics 0927-45664-2

Max Bruch
Violin Concerto No.1 in G minor, Op.26.
Felix Mendelssohn
Violin Concerto in E minor, Op.64.
Midori (violino)
Berlin Philharmonic Orchestra
Mariss Jansons
Sony Classical SK87740

The Art of Nathan Milstein
Concertos by Bach, Beethoven, Bruch, Lalo and Brahms.
Nathan Milstein (violino)
ORTF National Orchestra
Antál Dorati, István Kertész
Music & Arts CD-1168
(1955, 1959, 1961, 1963)


Internet

Max Bruch
Wikipedia
/ Boosey & Hawkes / Naxos

2 comentários:

  1. Caro HVA,

    Experimente a leitura da vedeta Vengerov (TELDEC) ou da bella, bella Mullova (PHILIPS)
    ;-)

    ResponderEliminar
  2. E ainda afirma o nosso amigo João o menor conhecimento que tem da música sinfónica e orquestral. Balelas!!!

    E obrigado pelas sugestões.


    Saudações,

    HVA

    ResponderEliminar