11/01/2007

Obras Vocais #6: Requiem, Op.9, de Maurice Duruflé

O compositor francês Maurice Duruflé (1902-1986) além de ter sido um homem de poucas obras, 14 apenas, nunca foi dos mais badalados, pelo que não é de espantar que o seu nome não seja sequer referido em alguma da literatura sobre música que vai aparecendo nos escaparates. Já aqui falámos dele no passado, há precisamente dois anos, e hoje a ele voltamos para debitar umas linhas sobre uma das suas obras mais representativas, senão mesmo a mais representativa: o Requiem.

Antes disso, duas notas prévias:

1 - É sobejamente conhecido o facto das obras de Duruflé andarem todas à volta do canto Gregoriano. A atracção por este canto começou muito cedo, ainda adolescente, quando pertencia ao coro da catedral de Rouen e onde igualmente fazia os seus estudos musicais.

2 - Estudos esses que incluiam o orgão, o seu instrumento de eleição. Duruflé, deve dizer-se, foi um reputadíssimo organista, com variadíssimas turnés efectuadas pela Europa e pela América do Norte.

Quando, em 1947, a editora de Duruflé lhe encomendou uma peça em grande escala, ele começou por apresentar uma para orquestra e coro, baseada em textos de cantos Gregorianos. Todavia, e tal como aconteceu com a maioria da sua produção, o compositor iria revê-la por 2 vezes, sendo que a última versão, de 1961, e a mais vezes interpretada, é para coro, orquestra de câmara, trompetes e orgão. Além do canto Gregoriano e do orgão, elementos tão omnipresentes na obra de Duruflé, há ainda um outro em grande evidência, neste Requiem e também nas suas outras obras: o contraponto. Assunto para outra altura...

Maurice Duruflé nasceu há 105 anos, no dia 11 de Janeiro de 1902.


CD



Maurice Duruflé
Requiem, Op.9. Notre Père, Op.14.
Ian de Massini
Déploration sur le nom de Duruflé. Puisses-tu, ô Seigneur.
La vie éternelle.
Gerald Finley (barítono), Catherine Wyn-Rogers (meio-soprano),
Thierry Escaich (orgão)
Cambridge Voices
Ian de Massini
Herald HAVPCD234


Internet

Maurice Duruflé
Wikipedia
/ Association Maurice et Marie-Madeleine Duruflé / Naxos / Maurice Duruflé / Musica et Memoria

Sem comentários:

Enviar um comentário