15/03/2007

Concertos #53

Fraca. Fraquinha. Má. É assim a programação da Casa da Música para o 2º trimestre deste ano. E, além de ser fraca, fraquinha e má, foi publicada tarde e a más horas. Nada disto, tanto quanto se sabe, poderá ser justificado por falta de verbas: o orçamento é dos mais generosos, e os bilhetes estão longe de ser dos mais baratos, o que torna toda esta situação ainda mais difícil de engolir.

A minha estreia na Casa da Música foi há cerca de 2 anos, em Abril de 2005, e logo com um recital do pianista austríaco Alfred Brendel (1931-). Seguiram-se muitos e bons concertos, que fui por aqui apresentando, e de que se destacaram os seguintes:

2005

Abril Alfred Brendel
Maio Mitsuko Uchida; Andreas Scholl
Junho Piotr Anderszewski
Julho Quarteto Borodin; Artur Pizarro
Agosto Orquestra de Jovens da União Europeia, Bernard Haitink
Setembro Quarteto Borodin
Outubro Viktoria Mullova; Angela Hewitt
Novembro Orchestre Révolutionnaire et Romantique, John Eliot Gardiner; Ensemble InterContemporain
Dezembro Quarteto Borodin; Stephen Kovacevich

2006

Janeiro Matthias Goerne
Fevereiro Emanuel Ax; Ian Bostridge
Maio Krystian Zimerman; Orquestra Nacional Russa, Mikhail Pletnev
Junho Alfred Brendel
Julho Northern Sinfonia, Thomas Zehetmair
Outubro Orquestra Barroca da União Europeia, Christophe Coin; Hespèrion XXI, La Capella Reial de Catalunya, Jordi Savall; Orquestra Barroca de Amesterdão, Ton Koopman
Novembro Steve Reich and Musicians

2007

Janeiro Murray Perahia


Do que está programado para o 2º trimestre deste ano, destaco:

Abril Grigori Sokolov
Maio Orchestre Révolutionnaire et Romantique, Viktoria Mullova, John Eliot Gardiner

Mais uma ONP aqui e uma Gulbenkian acolá, e é tudo. É tudo muito mau, pois claro, longe, muito longe, da programação do antigo regime; algo que tanto Carlos Araújo Alves como Henrique Silveira, que não sofrem de papas na língua, têm vindo repetidamente a denunciar.

Dentro do "normal", teremos este Sábado à tarde a ONP, desta vez dirigida por Michael Zilm, às voltas com a de Gustav Mahler (1860-1911). Mahler oblige...


Gustav Mahler
Sinfonia Nº6.
Orquestra Nacional do Porto
Michael Zilm

Sem comentários:

Enviar um comentário