14/08/2007

CDs #129: Heifetz, it ain't necessarily so

Passa hoje um ano sobre a morte do pianista Milton Kaye (1909-2006) que, no meio das celebrações em 2006 de Robert Schumann (falecido há 150 anos), Wolfgang Amadeus Mozart (250º aniversário do nascimento) e Fernando Lopes Graça (100º aniversário do nascimento), foi completamente ignorada no nosso rectângulo. Compreensível, pois claro, visto não ser um músico muito conhecido e, por via disso, não ser potenciador de grandes receitas. Até porque o que de mais notável consta do seu CV foi o facto de ter acompanhado o grande violinista Jascha Heifetz (1901-1987), este sim uma enorme celebridade. Heifetz era normalmente acompanhado pelo pianista Emanuel Bay, só que um desentendimento entre ambos, em meados da década de 1940, fez com que Heifetz se virasse para Kaye por uns tempos. Parece que para Bay as férias eram sagradas, pelo que não se dispôs a acompanhar Heifetz em mais uma turné de apoio às forças aliadas, no Verão de 1944. Acabou por ter mais férias do que esperava, diga-se, pois Heifetz colocou-o de quarentena durante toda a temporada de 1944-5...

Lembram-se de por aqui falarmos do violinista Leopold Auer (1845-1930), quando andámos às voltas com o Concerto para Violino de Tchaikovsky (1840-1893)? Pois em 1909, era Auer um famoso professor no Conservatório de S. Petersburgo, deslocou-se a Vilnius, terra natal de Heifetz, e teve a oportunidade de ouvir o jovem prodígio, à altura com apenas 8 anos. Auer previu-lhe de imediato um futuro de sucesso, e convidou-o a vir estudar com ele, o que veio na realidade a acontecer pouco depois. Não antes de uns pequenos mal-entendidos, de que provavelmente falaremos noutra ocasião. Convém sempre guardar alguma prosa para eventuais futuras necessidades...

As gravações que aparecem neste duplo CD foram efectuadas entre 1944 e 1946, as primeiras com Heifetz acompanhado por Milton Kaye e as mais recentes por Emanuel Bay. Contêm imensas preciosidades, com vários arranjos do próprio violinista, duas canções interpretadas por Bing Crosby (1903-1977) e um último tema, que fecha o disco 2, com Jascha Heifetz ao... piano, numa gravação nunca anteriormente disponibilizada em disco. Grandes audições!




Heifetz
in ain't necessarily so
Legendary Classic and Jazz Studio Takes

Jascha Heifetz (violino, piano), Milton Kaye,
Emanuel Bay (pianos), Bing Crosby
Salvatore Camarata and his orchestra
Deutsche Grammophon 477 6269


Internet

Milton Kaye
New York Times
/ National Public Radio / Cleveland.com

Jascha Heifetz
Official Web Site of Violinist Jascha Heifetz / Wikipedia / Legendary Violinists / Classical Notes / The New Criterion online

Sem comentários:

Enviar um comentário