20/08/2007

Violinistas #6: Maxim Vengerov (1974-)

Em tempos idos, não era difícil vir para aqui vangloriar-me dos grandes intérpretes que tinha tido o prazer de assistir a tocar ao vivo; esses tempos passaram, infelizmente, e hoje em dia não me resta senão lamentar o estado calamitoso a que chegou a programação da Casa da Música. Em jeito de compensação, pelo menos para a minha pessoa..., irei trazendo para aqui alguns daqueles músicos que gostaria que fossem convidados a tocar na cidade do Porto. Sonho dificilmente realizável a curto prazo, evidentemente, mas a esperança perdura e lá chegará o dia em que o homem seja tirado do poleiro.

Começo pelo aniversariante do dia, o violinista Maxim Vengerov, nascido a 20 de Agosto de 1974 (algumas fontes indicam 15 de Agosto, mas convém-me mais o dia de hoje, à falta de tema alternativo para aqui apresentar...). Habituado a tocar desde muito novo com outros grandes músicos, já passou pela Gulbenkian onde, em 2000, tocou ao lado de Trevor Pinnock (1946-). Antes disso já tinha tido a oportunidade de tocar e gravar com o violoncelista e maestro Mstislav Rostropovich (1927-2007), falecido em Abril deste ano. Um dos discos resultantes dessa colaboração foi editado em 1995, incluía os Concertos para Violino Nºs.1 de Dmitri Shostakovich (1906-1975) e de Sergei Prokofiev (1891-1953), e ganhou tudo o que era prémio, sendo nomeadamente escolhido como Disco do Ano pela Gramophone.

Com a ajuda de uma benemérita, Vengerov adquiriu há uns anos, cerca de 7, um violino Stradivarius de seu o nome "Kreutzer", em homenagem ao violinista virtuoso Rodolphe Kreutzer (1766-1831), que toca regularmente com um arco que pertenceu a Jascha Heifetz (1901-1987), violinista de quem aqui falámos há menos de uma semana. Mais uma prova de quão pequeno este mundo é...


CDs





Sergei Prokofiev
Violin Concerto No.1 in D, Op.19.
Dmitri Shostakovich
Violin Concerto No.1 in D minor, Op.99.
Maxim Vengerov (violino)
London Symphony Orchestra
Mstislav Rostropovich
Teldec 92256-2

Johannes Brahms
Violin Concerto in D, Op.77.
Sonata for Violin and Piano No.3 in D minor, Op.108.
Maxim Vengerov (violino), Daniel Barenboim (piano)
Chicago Symphony Orchestra
Daniel Barenboim
Teldec 0630 17144-2

Antonín Dvorák
Violin Concerto in A, B108.
Edward Elgar
Violin Sonata in E minor, Op.82.
Maxim Vengerov (violino)
New York Philharmonic Orchestra
Kurt Masur
Teldec 4509 96300-2

Dmitri Shostakovich
Violin Concerto No.1 in A minor, Op.77 (Op.99).
Violin Concerto No.2 in C sharp minor, Op.129.
Maxim Vengerov (violino)
London Symphony Orchestra
Mstislav Rostropovich
Warner Elatus 0927 46742-2

Johann Sebastian Bach
Toccata and Fugue in D minor, BWV565.
Rodion Shchedrin
Echo Sonata. Balalaika.
Eugène Ysaÿe
Solo Violin Sonatas, Op.27 - No.2 in A minor;
No.3 in D minor (Ballade); No.4 in E minor; No.6 in E.
Maxim Vengerov (violino)
EMI 5 57384-2

Benjamin Britten
Violin Concerto, Op.15.
William Walton
Viola Concerto.
Maxim Vengerov (violino, viola)
London Symphony Orchestra
Mstislav Rostropovich
EMI 5 57510-2

Antonín Dvorák
Symphonies. Overtures. Symphonic Poems.
Mstislav Rostropovich (violoncelo), Pierre-Laurent
Aimard (piano), Maxim Vengerov (violino)
Chamber Orchestra of Europe
Royal Concertgebouw Orchestra
Lausanne Chamber Orchestra
Rochester Philharmonic Orchestra
Nikolaus Harnoncourt, Armin Jordan
Warner Classics 2564 61530-2

Vengerov.
Works by Wieniawski, Paganini, Kreisler, Rachmaninov,
Saraste, Williams and Ysaÿe.
Maxim Vengerov (violino), Ian Brown (piano)
EMI 5 57916-2

Wolfgang Amadeus Mozart
Violin Concertos - No.2, K211; No.4, K218.
Sinfonia Concertante, K364.
Maxim Vengerov (violino), Lawrence Power (viola)
UBS Verbier Festival Chamber Orchestra
Maxim Vengerov
EMI 3 78374-2


Internet

Maxim Vengerov
Fundação Calouste Gulbenkian: Biografia, Not@s Soltas / Wikipedia / La Scena Musicale / Cosmopolis

3 comentários:

  1. Também tenho alguns CD's de Vengerov e tive oportunidade de o ver na Gulbenkian. Gosto particularmente dos Concertos nº 1 de Prokofiev e Shostakovich.
    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  2. Estimado Paulo,

    Extraordinárias, as suas fotografias de Banguecoque! Aguardo com expectativa as próximas.


    Saudações,

    Heitor

    ResponderEliminar
  3. Caro Heitor, obrigado pelas palavras tão amáveis. Apareça sempre e espero que continue a gostar. Eu tenho sempre muito prazer ao ler os seus artigos.

    Saudações.

    ResponderEliminar