16/09/2007

Sopranos #14: Maria Callas (1923-1977)

Meia dúzia de anos depois de ter emigrado da Grécia para os Estados Unidos, o pai George decidiu mudar o nome da família de Kalogeropoulos para Callas, sábia decisão que se veio a revelar muito útil para a filha Maria. Esta, nascida em Nova Iorque em Dezembro de 1923, desde cedo mostrou interesse pela arte vocal, mas dificilmente poderia utilizar como nome artístico Maria Anna Sophie Cecilia Kalogeropoulos... Só que tal alteração vir-se-ia a tornar bem mais complicada do que inicialmente previsto: com a separação dos pais, em 1937, a mãe Evangelia regressou à Grécia com as filhas, Maria incluída, e lá se foi o apelido! Só em 1945, com o final da 2ª Grande Guerra e com a decisão de voltar para Nova Iorque, é que Maria voltaria a ser Callas.

Enquanto em Atenas, Maria Callas teve a oportunidade de se cruzar com a professora de canto Elvira de Hidalgo (1892-1980) que, impressionada com a voz, embora destreinada, da jovem prodígio, propôs-se dar-lhe aulas grátis no Conservatório dessa cidade. Conhecedora das limitações vocais da aluna, deu-lhe inúmeros conselhos sobre, por exemplo, o tipo de repertório a que ela se deveria dedicar, conselhos ignorados por Maria Callas a maior parte das vezes, o que terá contribuído para a pouca longevidade da sua voz.

Em 1947, Callas teve a sua mais importante estreia até à altura quando, em Verona, cantou La Gioconda, da ópera homónima de Amilcare Ponchielli (1834-1886). A dirigir a orquestra esteve Tullio Serafin (1878-1968) que, ao contrário de Elvira de Hidalgo, a incentivou a cantar um pouco de tudo...

Maria Callas faleceu em Paris 30 anos, no dia 16 de Setembro de 1977.


CD



Amilcare Ponchielli
La Gioconda.
Maria Callas (soprano), Gianni Poggi, Piero Poldi (tenores),
Paolo Silveri (barítono), Giulio Neri (baixo), Maria Amadini,
Fedora Barbieri (meios-sopranos)
CETRA Chorus
RAI Symphony Orchestra
Antonino Votto
Naxos Historical 8.110302-04
(1952)


Internet

Maria Callas
The Official Website / mariacallas.org / The Art of Maria Callas / Scott's Home Page / Wikipedia

2 comentários:

  1. E é maravilhosa essa "Goiconda".
    -Madre! Enzo adorato! Ah como t'amo!

    Um dos melhores momentos da voz de Callas.

    ResponderEliminar
  2. e de Verona ficam saudades...

    ResponderEliminar