13/11/2007

Pianistas #20: Harriet Cohen (1895-1967)

Recentemente desfilei aqui os nomes de alguns dos notáveis alunos do professor Tobias Matthay (1858-1945), constando entre eles o de Harriet Cohen, de quem hoje se assinalam os 40 anos passados sobre a morte, ocorrida a 13 de Novembro de 1967. Da primeira vez que por aqui falei desta pianista inglesa foi a propósito de um disco, em que tocava exclusivamente obras de Arnold Bax (1883-1953).

De Cohen é principalmente conhecida a sua estreita relação com este compositor, não se referindo muitas vezes o facto de ela ter também estreado obras de outros importantes compositores, como Béla Bartók (1881-1945) e Ralph Vaughan Williams (1872-1958), que a ela as tinham dedicado. Bartók dedicou-lhe 6 peças de Mikrokosmos, conhecidas como Danças em Ritmos Búlgaros (já agora note-se que 3 destas 6 peças resultaram de arranjos de temas populares, as únicas, segundo o próprio compositor, em que tal terá acontecido, das 153 que constituem Mikrokosmos); de Vaughan Williams, a nossa pianista estreou o Concerto para Piano em dó, em Londres no dia 1 de Fevereiro de 1933.

O compositor inglês Ernest John Moeran (1894-1950) foi outro dos que lhe dedicaram obras, e lembrei-me dele por dois motivos, um musical e outro nem por isso: há dois discos deste quase desconhecido compositor a rodar cá em casa, um deles de aquisição recente e com a batuta nas mãos de um dos meus maestros preferidos: Adrian Boult (1889-1983); por outro lado, pode-se dizer que Moeran teve, de certa forma, algo a ver connosco, os portugueses, embora não pelos motivos mais recomendáveis: consta-se que partilhou senhoras da vida com Augustus John (1878-1961), o autor do retrato mais conhecido da nossa violoncelista Guilhermina Suggia (1885-1950)...


Internet

Harriet Cohen
Bach Cantatas Website / Royal Academy of Music / Wikipedia / Naxos

2 comentários:

  1. Há um forte boato de que o desNorte teria sido respeitosamente citado em um post de hoje (14/11) do PQP Bach (sobre a sexta de Bruckner).

    Grande abraço.

    ResponderEliminar
  2. Confirmei a veracidade do rumor. Resta-me apenas... agradecer-lhe a gentileza, que será obviamente retribuida na primeira oportunidade. E oportunidades não faltarão, certamente, pois o seu blogue é um dos meus favoritos.

    Saudações,

    Heitor

    ResponderEliminar