09/12/2007

Concertos #62

Georg Friedrich Handel (1685-1759) nasceu na Alemanha, passou uma temporada em Itália, em 1706, para absorver as inovações operáticas que por lá floresciam, e viveu uma boa parte (a maior parte...) da sua vida em Inglaterra. Entre 1723 e 1759, Handel habitou no número 25 da Brooke Street, em Londres, onde entretanto foi criado o Handel House Museum, que tivemos a oportunidade de visitar no passado mês de Julho. E que deu direito a uma animada discussão sobre Handel e um dos seus contemporâneos, Thomas Arne (1710-1778), com a senhora, simpatiquíssima, que foi a nossa guia na ocasião.

Depois da referida passagem por Itália, Handel compôs várias obras em estilo italiano, como óperas e cantatas. É o caso das cantatas que vamos poder ouvir já amanhã, na Casa da Música:

Dolc' è pur d'amor l'affanno, HWV109 (cantata italiana escrita em Londres por volta de 1718)
Mi palpita il cor, HWV132c (cantata italiana escrita em Londres na década de 1710)
Nel dolce tempo, HWV135b (cantata italiana escrita em Londres na década de 1710)
Vedendo amor, HWV175 (cantata italiana escrita em Roma nos finais da década de 1700)

As interpretações estarão a cargo do grande contratenor alemão Andreas Scholl (1967-), desta vez acompanhado pela Accademia Bizantina. Ou um extraordinário oásis no meio do deserto, cujas areias lá se irão estendendo por 2008 adentro...


Internet

Georg Friedrich Handel
gfhandel.org / Handel House Museum / The Foundling Museum / Classical Music Pages / Wikipedia / Haendel.it

2 comentários:

  1. Gostou? Eu adorei. Fui ver igualmente o concerto na Gulbenkian e foi muito melhor na Casa da Música. Também escrevi sobre isto no meu canto.

    Uma boa tarde, Moura Aveirense

    ResponderEliminar
  2. Cara Moura,

    Gostei. Só que saí de lá com aquela sensação de que Scholl nem sempre "deu o que podia". Houve momentos em que o apreciei particularmente, como na ária "Pastorella, i bei lumi" e no encore, em que o silêncio final, embora de curta duração, teve algo de mágico.

    Saudações,

    Heitor

    ResponderEliminar