26/04/2008

Notícias #18



O Stellenbosch Festival de Música de Câmara Internacional é o único festival do seu tipo na África do Sul, incorporando música de câmara nas suas componentes prática e educativa. Em 2008 o festival celebra o seu 5º aniversário e a organização decidiu promover uma versão reduzida do evento com o objectivo de criar uma rede musical com outras cidades internacionais. A primeira extensão deste Festival vai decorrer na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, Portugal, nos dias 9, 10 e 11 de Maio.

Com a Direcção Artística assinada por Luis Magalhães, pianista português de renome internacional residente na África do Sul, o elenco internacional será constituído por alguns dos melhores intérpretes da actualidade, para trompa, cordas e piano: Benjamim Schmid (Áustria), Nina Schumann, Xandi Van Dyk, Suzanne Martens e Peter Martens (África do Sul), Eugene Osatchy (EUA), León Bosch (Inglaterra), Abel Pereira e Luís Magalhães (Portugal).

Com um formato de três dias, os músicos participantes no Festival protagonizarão três concertos, a solo ou em formação de orquestra de câmara. Estão também previstas acções educativas (master-classes), de formação (worhshops) e de lazer (conversas informais com músicos, melómanos e musicólogos – Conversas no ‘Café Concerto’). Os alunos que se inscreverem nas master-classes terão ainda a oportunidade de participar no concerto de encerramento caso sejam seleccionados para isso durante os dias do festival.

Criar um ambiente de interacção entre estudantes de música e instrumentistas de calibre internacional e servir de montra a jovens talentos são os principais objectivos deste festival.


MASTER CLASSES

DATA LIMITE PARA INSCRIÇÕES: 2 MAIO 2008

Professores

Piano:
Nina Schumann - África do Sul
Luis Magalhães - Portugal

Cordas:
Benjamim Schmid (violino) – Áustria
Suzanne Martens (violino) - África do Sul
Xandi van Dijk (viola) - África do Sul
Eugene Osadchy (violoncelo) - EUA
Peter Martens (violoncelo) – África do Sul
Leon Bosch (contrabaixo) – Ingelaterra

Trompa:
Abel Pereira - Portugal


Para obter mais informações consultar aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário