24/04/2008

SACDs #19: Joseph Haydn, The Seasons

O barão Gottfried van Swieten (1733-1803) foi um diplomata de carreira no reino vienense dos Habsburgos, mas não foi por essas actividades que ele mais se distinguiu; na verdade, o seu gosto pelas artes musicais levou-o a promover as obras do barroco, principalmente as de Johann Sebastian Bach (1685-1750) e de Georg Friedrich Handel (1685-1759), junto de compositores tão importantes como Ludwig van Beethoven (1770-1827), Joseph Haydn (1732-1809) e Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791). Também se dedicou à composição, só que com pouco sucesso, sendo as suas obras quase totalmente desconhecidas (não me lembro de algum dia ter ouvido alguma).

Na sequência das suas actividades extra-curriculares, van Swieten fundou, na década de 1780, a Gesellschaft der Associierten, onde ele e outros nobres, igualmente amantes das coisas da música, encomendavam obras e organizavam regularmente concertos. Dessas encomendas resultaram, nomeadamente, dois oratórios de Haydn, A Criação (Die Schöpfung) e As Estações (Die Jahreszeiten), este último como resultado directo do enorme sucesso obtido pel'A Criação, cuja estreia teve lugar no dia 29 de Abril de 1798. O nosso barão, levado pela onda geral de entusiasmo, apressou-se a convencer Haydn a escrever novo oratório.

O libreto, ainda escolha do barão, basear-se-ia no poema The Seasons do escocês James Thomson (1700-1748), cuja tradução para o alemão, da autoria do igualmente poeta Barthold Brockes (1680-1747) terá sido revista e adaptada pelo próprio van Swieten. Haydn trabalhou cerca de 2 anos neste oratório que foi estreado, de novo com grande sucesso, a 24 de Abril de 1801, passam hoje 207 anos.




Joseph Haydn
The Seasons.
Marlis Petersen (soprano), Werner Güra (tenor),
Dietrich Henschel (barítono)
RIAS-Kammerchor
Freiburger Barockorchester
René Jacobs
Harmonia Mundi HMC801829.30
(2003)


Internet

Joseph Haydn
Classical Music Pages / Carolina Classical Connection / Classical Net / Wikipedia / Clássicos / Karadar Classical Music

Sem comentários:

Enviar um comentário