14/05/2008

SACDs #21: Richard Strauss, Josephs Legende

A peixeirada em que se transformou a estreia do bailado A Sagração da Primavera, com música de Igor Stravinsky (1882-1971), em Maio de 1913, aqui referida, não fez o empresário russo Sergei Diaghilev (1872-1929) abrandar o ritmo de encomendas de novas obras para os espectáculos dos seus Ballets Russes. A prová-lo está o facto de não ter demorado muito a encomendar uma a Richard Strauss (1864-1949), o único compositor alemão, refira-se, a quem Diaghilev encomendou obras para os seus bailados.

Quem nos acompanha desde os primórdios do desNorte, lembrar-se-á porventura das histórias mitológicas que por aqui passaram, nomeadamente as que envolveram Teseu e Ariadne. A certa altura referimos o facto de Richard Strauss ter escrito uma ópera baseada nesta lenda, a partir de um libreto escrito pelo seu habitual colaborador, Hugo von Hofmannsthal (1874-1929). Pois seria de novo com base num texto de von Hofmannsthal que Strauss, dois anos depois, comporia Josephs Legende, como resultado da referida encomenda de Diaghilev.

Há todas as razões para acreditar que Strauss escreveu a obra tendo em mente que o papel principal no bailado seria destinado à grande estrela da companhia, Vaslav Nijinski (1890-1950). Só que, pouco antes da estreia, Nijinski deu-se por derretido por uma menina húngara de nome Pulszky Romola (1891-1978) e tomou-a de imediato como esposa, para notória irritação de Diaghilev, que o despediu na hora. A relativa pouca experiência de Léonide Massine (1896-1979), o bailarino que substituiu Nijinski, terá contribuído para o menor sucesso da estreia do bailado, no dia 14 de Maio de 1914, e não ajudou, certamente, à popularidade da música escrita por Strauss, ainda hoje, quase um século mais tarde, uma das suas obras menos conhecidas, para não dizer quase totalmente desconhecida.




Richard Strauss
Josephs Legende, Op.63.
Budapest Festival Orchestra
Iván Fischer
Channel Classics CCSA24507
(2007)


Internet

Richard Strauss
Richard Strauss online / Classical Music Pages / Classical Net / Wikipedia / Opera Glass

Sem comentários:

Enviar um comentário