05/08/2008

Maestros #37: Erich Kleiber (1890-1956)

"Foi em Buenos Aires que senti nascer em mim a vocação de maestro; tinha 13 anos quando vi Erich Kleiber a dirigir as Sinfonias de Beethoven e Les Noces de Figaro de Mozart. Foi o ídolo da minha juventude. Aconselhado por ele, tomei a decisão de vir para a Europa e estabeleci-me em Viena em 1951 (...)". A afirmação é do austríaco Michael Gielen (1927-) que, contudo, iniciou a sua carreira na capital argentina não como maestro mas como pianista virtuoso; só iria abraçar a regência na década de 1950, depois da referida mudança para Viena.

Os concertos de Kleiber em Buenos Aires tiveram lugar em 1940; uns bons anos antes, em 1906, tinha sido a vez de Erich Kleiber assistir, em Praga, a um concerto em que Gustav Mahler (1860-1911) dirigiu a sua 6ª sinfonia, e que lhe incutiu a vontade de vir igualmente a ser maestro. Depois de ter assumido vários outros postos, Erich Kleiber mudou-se para Berlim em 1923, para dirigir a Ópera de Estado dessa cidade. Mais tarde, já à frente da Orquestra Filarmónica de Berlim, preparava-se para apresentar os interlúdios sinfónicos da ópera Lulu de Alban Berg (1885-1935) quando se viu confrontado com problemas levantados pelas autoridades nazis, pouco apreciadoras das modernices, em que incluíam obviamente a música atonal. Pelos vistos Kleiber estava pouco inclinado para aturar tamanhas interferências no seu trabalho, pelo que decidiu pôr-se a andar; corria o ano de 1934 e, 5 anos depois, mudar-se-ia então para Buenos Aires, e tomaria cidadania argentina.

Com a (excelente) moda dos últimos anos das editoras vasculharem os baús, temos actualmente disponíveis mais discos de Kleiber do que da última vez que por aqui o trouxe, há 3 anos atrás, pelo que a lista é agora um pouco mais comprida.

Erich Kleiber nasceu há 118 anos, no dia 5 de Agosto de 1890.


CDs




Ludwig van Beethoven
Symphony No.3 in E flat major, Op.55, "Eroica". (1950)
Symphony No.5 in C minor, Op.67. (1953)
Concertgebouw Orchestra
Decca Legends 467 125-2

Great Conductors of the 20th Century
Erich Kleiber
Franz Schubert
Symphony No.5 in B flat, D485. (1953)
Ludwig van Beethoven
Symphony No.6 in F, Op.68, "Pastoral". (1955)
Wolfgang Amadeus Mozart
Symphony No.40 in G minor, K550. (1949)
Richard Strauss
Till Eulenspiegels lustige Streiche, Op.28. (1953)
Antonín Dvorák
Carnival Overture, Op.92. (1948)
Josef Strauss
Sphärenklänge, Op.235. (1948)
Johann Strauss
Der Zigeunerbaron - Overture. (1948)
Du und Du, Op.367. (1929)
Czech Philharmonic Orchestra
London Philharmonic Orchestra
Sinfonieorchester der Norddeutschen Rundfunks
Vienna Philharmonic Orchestra
Erich Kleiber
EMI 5 75115-2

Alexander Borodin
Symphony No.2 in B minor (2 performances).
NBC Symphony Orchestra
Stuttgart Radio Symphony Orchestra
Erich Kleiber, Carlos Kleiber
Hänssler Classic 93 116
(1947, 1972)

Giuseppe Verdi
I Vespri Siciliani.
Maria Callas (soprano), Giorgio Kokolios-Bardi, Gino Sarri,
Aldo de Paoli, Brenno Ristori (tenores), Enzo Mascherini,
Lido Pettini (barítonos), Boris Christoff, Bruno Carmassi,
Mario Frosini (baixos), Mafalda Masini (contralto)
Maggio Musicale Fiorentino Chorus
Maggio Musicale Fiorentino Orchestra
Erich Kleiber
Testament SBT21416
(1951)


Internet

Erich Kleiber
Erich Kleiber / Erich Kleiber / Bach Cantatas Website / Wikipedia

Sem comentários:

Enviar um comentário