26/09/2008

CDs #181: Schubert, Leon Fleisher

Quando aqui falei pela primeira vez do pianista norte-americano Leon Fleisher (1928-), em Julho de 2005, referi, como era (quase) inevitável, o problema que, a partir de 1965, lhe afectou a mão direita, e que o obrigou durante mais de 3 décadas a tocar apenas repertório para a esquerda. Um tratamento alternativo permitiu-lhe recuperar os movimentos da mão perdida e, em 2004, voltou a lançar um disco com obras para piano a duas mãos, apropriadamente intitulado de "Two Hands".

Aqui este vosso escriba apenas conhecia as duas últimas fases deste pianista, a "fase esquerdista" e a última, a "nova fase", aquela em que voltou a poder utilizar normalmente as duas mãos para tocar piano. Mas não conhecia a fase inicial, pré-1965, aquela que o lançou para o estrelato, e que levou o maestro norte-americano de origem francesa Pierre Monteux (1875-1964) a afirmar estarmos perante "a maior descoberta pianística do século".

Não será certamente coincidência que uma das obras que aparecem em "Two Hands" seja a Sonata para Piano, D960, de Franz Schubert (1797-1828). É que esta é assumidamente uma das obras preferidas deste pianista, e foi a primeira que gravou, em 1956, para a Columbia Records. Esta sonata, já aqui trazida pelas mãos de Alfred Brendel (1931-), foi terminada por Schubert 180 anos, no dia 26 de Setembro de 1828, e foi ainda a última obra de envergadura que compôs, pois faleceria menos de 2 meses depois.

Já este ano a United Archives reeditou esta primeira gravação de Fleisher, a que rapidamente deitei a mão, ou não fosse, além de histórica, a minha oportunidade de finalmente ouvir este pianista ainda em início de carreira (na altura tinha 28 anos). Grandes audições, e um dos meus discos do ano...




Franz Schubert
Piano Sonata in B flat major, D960. Ländler, D790.
Leon Fleisher (piano)
United Arhives UAR021


Internet

Leon Fleisher
The Kennedy Center / american composers orchestra / Bach Cantatas Website / Internet Cello Society / Sony BMG / The New York Times / My White House Dilemma, by Leon Fleisher (The Washington Post) / Wikipedia

Sem comentários:

Enviar um comentário