24/12/2008

Óperas #18: Aida, de Giuseppe Verdi

Aos pachás do Egipto os turcos davam o título de quediva, que era mais ou menos equivalente ao de vice-rei. Um dos presenteados foi Ismail Pasha, que viveu entre 1830 e 1895 e foi quediva do Egipto entre 1863 e 1879. Pois o nosso amigo Pasha, para a inauguração do Teatro Italiano do Cairo, decidiu encomendar uma ópera a Giuseppe Verdi (1813-1901). Estávamos na segunda metade da década de 1860, e Verdi, já com 23 óperas no curriculum, pensava mais em retirar-se para a sua quinta do que em meter-se em mais uma aventura lírica. Tiveram que se chegar à frente, claro, e com o envolvimento dos libretistas Camille du Locle (1832-1903), que já anteriormente havia colaborado com Verdi no libreto de Don Carlos, e Antonio Ghislanzoni (1824-1893), lá conseguiram convencer o compositor, daí tendo resultado a ópera Aida.

O teatro seria inaugurado em Novembro de 1869, mas a ópera apenas teria a sua estreia no dia 24 de Dezembro de 1871, passam hoje 137 anos. É que entretanto rebentou a guerra franco-prussiana, que apenas terminaria em Maio de 1871, e os cenários que tinham sido construídos ficaram retidos em Paris. A estreia foi um sucesso monumental, sem que, contudo, tivesse valido de muito ao nosso quediva, que algum tempo depois foi destituído pelos otomanos por gestão incompetente... No dia 8 de Fevereiro de 1872 teve lugar a estreia em palcos europeus, honra que coube ao Teatro alla Scala, e de novo com um tremendo sucesso, numa noite em que Verdi teve que subir 32 vezes ao palco para agradecer os aplausos do público. Antes de qualquer outra sala europeia, curiosamente, Aida atravessou depois o Atlântico e foi apresentada em Nova Iorque, com a primeira récita a acontecer a 26 de Novembro de 1873. E só em 1880 chegaria a Paris, por contas antigas que Verdi tinha para ajustar com essa cidade. Histórias para outra ocasião...


CDs



Giuseppe Verdi
Aida.
Anna Tomowa-Sintow, Marianne Seibel (sopranos), Brigitte
Fassbaender (meio-soprano), Plácido Domingo, Norbert
Orth (tenores), Siegmund Nimsgern (barítono), Robert
Lloyd, Nikolaus Hillebrand (baixos)
Bavarian State Opera Chorus
Bavarian State Opera Orchestra
Riccardo Muti
Orfeo d'Or C583 022I
(1979)

Giuseppe Verdi
Aida.
Renata Tebaldi (soprano), Mario del Monaco, Piero de
Palma (tenores), Ebe Stignani (meio-soprano), Aldo
Protti (barítono), Fernando Corena, Dario Caselli (baixos)
Accademia di Santa Cecilia Chorus
Accademia di Santa Cecilia Orchestra
Alberto Erede
Pearl GEMS0191
(1952)

Giuseppe Verdi
Aida.
Maria Callas, Joan Sutherland (sopranos), Giulietta
Simionato (meio-soprano), Kurt Baum, Hector Thomas (tenores),
Jess Walters (barítono), Giulio Neri, Michael Longdon (baixos)
Royal Opera House Chorus
Royal Opera House Orchestra
John Barbirolli
Testament SBT21355
(1953)


DVDs



Giuseppe Verdi
Aida.
Adina Aaron, Micaela Patriarca (sopranos), Kate Aldrich (meio-soprano),
Scott Piper, Stefano Pisani (tenores), Giuseppe Garra (barítono),
Enrico Giuseppe Iori, Paolo Pecchioli (baixos)
Arturo Toscanini Foundation Chorus
Arturo Toscanini Foundation Orchestra
Massimiliano Stefanelli
TDK DV-AIDDB
(2001)

Giuseppe Verdi
Aida.
Leyla Gencer, Adalina Grigolato (sopranos), Fiorenza Cossotto (meio-soprano),
Carlo Bergonzi, Ottorino Begali (tenores), Anselmo Colzani (barítono),
Bonaldo Giaotti, Franco Pugliese (baixos)
Verona Arena Chorus
Verona Arena Orchestra
Franco Capuana
Hardy Classic Video HCD4010
(1966)

Giuseppe Verdi
Aida.
Nina Stemme, Christiane Kohl (sopranos), Salvatore Licitra, Miroslav
Christoff (tenores), Luciana d'Intino (meio-soprano), Juan Pons (barítono),
Matti Salminen, Günther Groissböck (baixos)
Zürich Opera House Chorus
Zürich Opera House Orchestra
Adám Fischer
Bel Air Classiques BAC022
(2006)

Giuseppe Verdi
Aida.
Gabriella Tucci (soprano), Giulietta Simionato (meio-soprano),
Mario del Monaco, Athos Cesarini (tenores), Aldo Protti (barítono),
Silvano Pagliuca, Paolo Washington (baixos)
NHK Italian Opera Chorus
Tokyo Radio Chorus
NHK Symphony Orchestra
Franco Capuana
Video Artists International VAIDVD4420
(1961)


Internet

Giuseppe Verdi
Official Site / Classical Music Pages / Opera Glass / Aida / Essentials of Music / Classical Net / Wikipedia

6 comentários:

  1. Votos de um Santo Natal. Por acaso estive a ouvir ontem uma ópera que conhecia mal, não de Verdi mas sim de Puccini - Turandot ...

    ResponderEliminar
  2. Caro HVA,

    Na Aïda, omitir a protagonista da Leontyne Price é CRIMINOSO! Experimente a dos anos 1960, sob a batuta de Solti, com Vickers como Radamés (DECCA) e depois dir-me-á! Pura magia! Qual Tebaldi, qual Tucci! Gencer sim, sempre e Callas, idem!
    Um óptimo Natal para si, caro,
    JGA

    ResponderEliminar
  3. Caro Fernando,

    Como a quadra natalícia já se foi, só me resta desejar-lhe um Óptimo 2009!


    Cumprimentos,

    Heitor

    ResponderEliminar
  4. Caro João,

    Às vezes quase me apetece retirar alguns discos da lista só para ver como o meu amigo reage!!! Não foi o caso, confesso, pelo que vou ver se saco a gravação que refere...

    Desejo-lhe um óptimo 2009.


    Cumprimentos,

    Heitor

    ResponderEliminar
  5. Esta é sem dúvida uma obra que não cansa...

    e já agora um 2009 mais a jeito do que este que não deixa muita saudade.

    ResponderEliminar
  6. Estimado Polidor,

    Votos de um Excelente 2009, em contra-ciclo c/ aquilo que os entendidos nos vaticinam...


    Cumprimentos,

    Heitor

    ResponderEliminar