21/02/2009

Concertos #72

Há coisa de 4 anos e pico assinalei nestas páginas os 45 anos passados sobre a morte do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos (1887-1959). Lá para o fim deste ano, então, assinalar-se-á o cinquentenário do seu falecimento, mas a Casa da Música, e nós por tabela, não esperou por Novembro para começar a celebrar condignamente tão relevante efeméride.


No concerto do próximo Domingo serão interpretadas duas das nove Bachianas Brasileiras, uma delas numa transcrição para trompete do virtuoso sueco Hakan Hardenberger (1961-). As Bachianas foram compostas por Villa-Lobos entre 1930, após o regresso da segunda estadia em Paris, e 1945. Este compositor conseguiu como poucos misturar a tradição musical ocidental com a música indígena brasileira, representado as Bachianas o seu expoente máximo e inspirando-se, como o nome deixa transpirar, nas formas musicais herdadas do grande compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750).

Um dos grandes atractivos deste concerto será obviamente a presença do trompetista Hakan Hardenberger; um outro terá a ver com o facto de irem ser apresentadas obras de outros dois compositores brasileiros, Carlos Gomes (1836-1896) e Claudio Santoro (1919-1989); por último, será o Concerto de Carnaval da Casa da Música, pelo que animação não faltará certamente...


Programa

Heitor Villa-Lobos
Bachianas Brasileiras - Nº5 (transcr. para trompete); Nº2.
Carlos Gomes
O Guarani - Abertura.
Claudio Santoro
Ponteio.
Hakan Hardenberger (trompete)
Orquestra Nacional do Porto
Lavard Skou-Larsen


Internet

Heitor Villa-Lobos
Delcamp.net / Heitor Villa-Lobos Website / Sítio do Museu Villa-Lobos / Vidas Lusófonas / Memória Viva / Naxos / Musicologie / P. Q. P. Bach / 8notes.com / Bach Cantatas Website / Wikipédia

1 comentário:

  1. é assim mesmo...os tempos vão consumindo os valores

    ResponderEliminar