07/05/2009

CDs #204: Brahms, Sonates pour Violoncelle & Piano

Johannes Brahms (1833-1897) compôs dois concertos para piano e orquestra, datando o primeiro de 1858 e tendo composto o segundo 20 anos depois, entre 1878 e 1881. Por coincidência, foram também em número de 2 as sonatas para violoncelo e piano que compôs; a primeira foi concluída em 1865 e editada no ano seguinte, enquanto que a segunda foi escrita e estreada em 1886. A separá-las, portanto, exactamente... 20 anos! A uni-las, todavia, o facto de a primeira ter emprestado um andamento à outra.

Supõe-se que tal ter-se-á devido ao facto de a mãe de Brahms ter entretanto falecido, e o compositor achado que o adagio dessa primeira sonata não se coadunava com o ambiente de pesar resultante desse triste acontecimento. Como consequência disso, a primeira sonata ficou sem qualquer andamento lento, e a segunda ganhou um adagio absolutamente grátis...

Tal não impediu que a primeira sonata para violoncelo e piano de Johannes Brahms obtivesse um êxito imediato, tendo sido extraordinariamente bem recebida. Foi dedicada a Josef Gänsbacher, violoncelista amador e amigo do compositor, como agradecimento por ter mexido os cordelinhos que permitiram que Brahms fosse nomeado director da Singakademie de Viena, em 1863. Talvez isso explique o facto, pouco usual, de Brahms ter entrado no mundo das sonatas pela porta do violoncelo e não do violino; na verdade, compôs a sua primeira sonata para violino e piano apenas em 1879, quase uma década e meia depois da sonata para violoncelo.

Johannes Brahms nasceu há 176 anos, no dia 7 de Maio de 1833.




Johannes Brahms
Sonate Nº1 pour Violoncelle et Piano en mi mineur, Op.38.
Sonate Nº2 pour Violoncelle et Piano en fa majeur, Op.99.
Anklange, Op.7. Die Mainacht, Op.43.
Anthony Leroy (violoncelo), Sandra Moubarak (piano)
Zig Zag Territories ZZT070202
(2006)


Internet



Johannes Brahms
Johannes Brahms WebSource / Classical Music Pages / musicologie.org / Essentials of Music / Island of Freedom / Wikipedia

3 comentários:

  1. Hoje também faz anos a 9ª de Beethoven e Nella Maissa.

    ResponderEliminar
  2. Caro Paulo,

    É verdade! Em relação à Nella Maissa, o nosso amigo Virgílio Marques fez uma referência no seu blogue (http://www.suggia.weblog.com.pt/).


    Cumprimentos,

    Heitor

    ResponderEliminar
  3. Também já lá fui, Heitor. O Suggia está sempre atento. Da 9ª soube pelo "Esferas".

    Saudações.

    ResponderEliminar