14/05/2009

Compositores #93: Joly Braga Santos (1924-1988)

Joly Braga Santos foi um dos mais importantes sinfonistas da história da música portuguesa, senão mesmo o maior, mas nem assim consta da maioria dos livros dedicados a estes assuntos. Isto diz-nos algo sobre os autores de tais livros, pois claro, mas evidencia ao mesmo tempo a incapacidade deste país em promover os seus maiores vultos. Os próprios portugueses não querem saber deles para nada, pelo que a situação não se afigura demasiadamente preocupante...

Desde muito cedo que Joly Braga Santos se inspirou no folclore português para as suas composições, o que não deixa de ser algo de muito interessante; é que, com apenas 24 anos, foi estudar direcção de orquestra para Itália com Hermann Scherchen (1891-1966), igualmente professor de, entre outros, Bruno Maderna (1920-1973) e Luigi Nono (1924-1990). Que é como quem diz, estava em contacto directo com alguns dos expoentes da moderna música europeia mas, com particular destaque nas suas primeiras obras, procurou fazer a ponte com a música tradicional portuguesa. Datam deste período as suas primeiras 4 sinfonias, sendo de referir que tinha apenas 27 anos de idade quando terminou a .

Joly Braga Santos nasceu há 85 anos, no dia 14 de Maio de 1924.


CDs





Joly Braga Santos
Staccato brilhante, Op.63. Divertimento No.2. Concerto in D, Op.17.
Sinfonietta. Elegia a Vianna da Motta.

Orquestra Clássica do Porto
Meir Minsky
Koch Schwann 315102

Joly Braga Santos
Symphonies - No.1; No.5.
Portuguese Symphony Orchestra
Álvaro Cassuto
Marco Polo 8.223879

Joly Braga Santos
Symphonies - No.3; No.6.
Ana Ester Neves (soprano)
Chorus of Teatro Nacional de Sao Carlos
Portuguese Symphony Orchestra
Álvaro Cassuto
Marco Polo 8.225087
(1997)

Joly Braga Santos
Symphony No.2 in B minor. Crossroads.
Bournemouth Symphony Orchestra
Álvaro Cassuto
Marco Polo 8.225216
(2000)

Joly Braga Santos
Concerto for Strings in D. Sinfonietta. Variations concertantes.
Concerto for Violin, Cello, Harp and Strings.
Bradley Creswick (violino), Alexander Somov (violoncelo),
Sue Blair (harpa)
Northern Sinfonia
Álvaro Cassuto
Marco Polo 8.225186

Joly Braga Santos
Symphony No.4. Symphonic Variations on a Popular Song from the Alentejo.
National Symphony Orchestra of Ireland
Álvaro Cassuto
Marco Polo 8.225233

Joly Braga Santos
Staccato Brilhante. Nocturno for Strings. Divertimentos Nos.1 & 2.
Cello Concerto.
Jan Bastiaan Neven (violoncelo)
Algarve Orchestra
Álvaro Cassuto
Marco Polo 8.225271


Internet



Joly Braga Santos
Academia de Música de Santa Cecília / Naxos /Biblioteca Nacional de Portugal / Compositores Portugueses / Wikipedia

7 comentários:

  1. é um velho problema... não consta das matérias escolares, do ensino e não se favorece nem o gosto nem o estímulo; por mim falo, não fora a "sorte" de ter lidado com gente ligado às artes...

    mas vale a sua persistência.

    ResponderEliminar
  2. Pois é, além do mais há a questão do ensino artístico em Portugal: prezamos os ignorantes e apoucamos os que querem aprender. Um país notável...

    Cumprimentos,

    Heitor

    ResponderEliminar
  3. Possuo três dos quatro cds que aqui apresenta e estou totalmente de acordo consigo quanto ao facto de Braga-Santos ser talvez conjuntamente com Luis de Freitas Branco, o maior sinfonista português. As suas sinfonias são verdadeiras joias.
    Raul

    ResponderEliminar
  4. CONHECI A MÚSICA DESTE FANTÁSTICO COMPOSITOR O ANO PASSADO; ENTRETANTO COMPREI A CAIXA QUE A NAXOSEDITOU COM 6 CD, COM AS SINFONIAS E OUTRAS OBRAS ORQUESTRAIS. RESULTADO: ESTOU COMPLETAMENTE DESLUMBRADO.

    ResponderEliminar
  5. Um presente para os apreciadores:

    http://elementmusical.blogspot.pt/2013/09/joly-braga-santos-symphony-no-4.html

    ResponderEliminar
  6. Mais um:

    http://elementmusical.blogspot.pt/2013/09/joly-braga-santos-symphonies-nos-1-and.html

    ResponderEliminar