05/07/2009

Lugares #188

Águeda não é propriamente famosa pelos seus parques ou jardins, mas o Parque Municipal Alta Vila, situado junto à EN1 e bem perto do centro da cidade, justifica visita demorada. A única coisa que dele nos é dita é que foi concebido por um tal Dr. Eduardo Caldeira, de que nada mais sabemos, pois o site da Câmara Municipal lá do sítio tem muitas cores e passarinhos a voar mas pouca informação. Os autarcas locais referem orgulhosamente ser Águeda "uma das mais industrializadas cidades do país" mas, como ainda (tanto quanto sabemos) não começaram a organizar passeios guiados pelas principais fábricas, também não fazem grande esforço para atrair forasteiros; só assim se compreende, por exemplo, que o Posto de Turismo não tenha um mapa da cidade digno desse nome para fornecer aos visitantes, limitando-se a distribuir uma fotocópia de um mapa extraído do Google...





A bem da verdade, devo reconhecer que o motivo da nossa deslocação àquela cidade não foi o referido parque, mas a minha participação em mais uma aventura de duas rodas, de cujo resultado final não fiquei propriamente orgulhoso. Nada que "Two More Bottles of Wine" ao almoço não remediassem...


Internet



Águeda
Águeda Viva / Portal regiaocentro.net / Região de Águeda / Wikipédia

4 comentários:

  1. Caro Heitor,
    Esse parque também me impressionou há cerca de um mês: belas tílias e cedros e uma pequena floresta de bambus. Pena que não esteja mais bem cuidado, apesar de já estarmos habituados ao desleixo em parques e jardins.

    ResponderEliminar
  2. valha o valor da Natureza e a natureza da música.

    ResponderEliminar
  3. Caro Paulo,

    Acho que com a idade fui relaxando os meus critérios, dando-me por (quase) feliz por encontrar um parque desleixado. A alternativa, mais usual, é não encontrar parque algum...

    Caro Martelo,

    Vou aproveitando estes textos para "despachar" algumas das músicas da minha juventude, e a que ainda regresso de quando em vez.


    Cumprimentos,

    Heitor

    ResponderEliminar
  4. De Águeda, como se diz de Espanha, nem bom vento nem bom casamento. No que me diz respeito está lá a ChinaTown portuguesa de fabrico de luminárias... E se o lema é "Compre o que é Português", desde que não seja copiado e sacaneado, tudo bem, o pior é que não é bem assim...

    ResponderEliminar