12/08/2009

Compositores #96: John Cage (1912-1992)

A única coisa que o compositor e pianista norte-americano David Tudor (1926-1996) fez durante 4 minutos e 33 segundos num recital que deu em Nova Iorque em Agosto de 1952 foi fechar e abrir a tampa do teclado do piano 3 vezes; não tocou uma única nota, mas naquele dia fez história, pois estreou a obra em 3 andamentos 4'33" do seu compatriota John Cage.

Correndo o risco de me apelidarem de careta, admito que ainda hoje, e após inúmeras audições, tenho dificuldades em apreciar devidamente esta peça; tem tudo a ver com os sons e a forma como os ouvimos, e com o silêncio, elemento fulcral em qualquer obra e único nesta em particular. O facto de durante 4 minutos e 33 segundos não se produzir qualquer som musical permite-nos ouvir outros sons, o que fará de cada audição uma experiência única e irrepetível. Demasiado para um tradicionalista como este vosso escriba, que continua a preferir experiências repetíveis, pelo que da próxima vez que John Cage regressar a estas páginas será seguramente acompanhado de sons mais audíveis.

Além do mais, ainda tenho outro problema: é que sempre que esta obra aparece num disco, nunca sei com toda a certeza se os músicos a interpretaram na realidade, ou se os produtores se limitaram a criar a posteriori um hiato com o tempo devidamente cronometrado...

John Cage faleceu há 17 anos, no dia 12 de Agosto de 1992.


Internet



John Cage
New Albion Records / John Cage database / Classical Music Pages / Vidas Lusófonas / John Cage / James Pritchett: Writings on John Cage (and others) / Mode Records / Answers.com / Naxos / The Sounds of Silence / Wikipedia

Sem comentários:

Enviar um comentário