25/08/2009

Maestros #46: Leo Blech (1871-1958)

Apesar de o alemão Leo Blech ser geralmente apresentado como compositor e maestro, devo admitir que não conheço qualquer obra da sua autoria, nomeadamente as óperas. O seu nome também não consta da maioria dos (poucos) livros que tenho sobre música, pelo que não me sinto muito incomodado por esta ignorância; atrever-me-ia mesmo a dizer que, só pelo facto de já ter ouvido falar no homem, estou num grupo não tão pouco restrito quanto isso...

A vida musical de Blech andou quase sempre ligada à ópera, principalmente como regente, em cidades como Berlim, Praga, Viena e Estocolmo. Esta última só aparece na lista porque o maestro era de origem judaica e as autoridades nazis, rigorosas nos seus princípios, só descansaram quando o correram de Berlim; começou por ir para Riga, capital da Letónia, em 1937, para alguns anos depois, no início da década de 1940, mudar-se então para Estocolmo, tendo regressado a Berlim apenas em 1949.

As suas interpretações de Richard Wagner (1813-1883) foram (e ainda são) especialmente apreciadas, o que, como já deverão saber por esta altura, é razão suficiente para que por estes lados o consideremos um dos grandes.

Leo Blech faleceu há 51 anos, no dia 25 de Agosto de 1958.


CDs



Frida Leider: A Vocal Portrait.
Árias de óperas e canções de Ludwig van Beethoven, Christoph Willibald
Gluck, Wolfgang Amadeus Mozart, Franz Schubert, Robert Schumann, Richard
Strauss, Giuseppe Verdi, Richard Wagner e Carl Maria von Weber.
Frida Leider (soprano), Elfriede Marherr-Wagner (meio-soprano), Lauritz
Melchior (tenor), Michael Raucheisen (piano)
Berlin State Opera Orchestra
London Symphony Orchestra
John Barbirolli, Leo Blech, Albert Coates
Naxos Historical 8.110744-45

Richard Wagner
Götterdämmerung (end of Act 1, Act 2). Die Walküre (excerpts).
Siegfried (excerpts).
Frida Leider, Maria Nezadal, Elfried Maherr-Wagner (sopranos), Lauritz
Melchior, Rudolf Laubenthal (tenores), Herbert Janssen (bar), Kerstin
Thorborg (meio-soprano), Eduard Habich (baixo)
Royal Opera House Chorus
Royal Opera House Orchestra
Berlin State Opera Orchestra
Thomas Beecham, Leo Blech
Guild GHCD2311/12
(1936)


Internet



Leo Blech
Classical Archives / Answers.com / AllExperts / Leo Blech / Wikipedia

4 comentários:

  1. Também só o conhecia como maestro em algumas dessas gravações. Obrigado por esta abertura.

    ResponderEliminar
  2. Alguma da obra de Leo Blech consta da International Music Score Library, que disponibiliza pautas on-line. Está lá por exemplo a (diria) conhecida "Gavotte for cello and piano", Op.10b, de 1902. Os arquivos do The New York Times mencionam uma primeira apresentação da ópera Versiegelt no Metropolitan, e a wikipedia tem a lista de todas (oito, creio).

    ResponderEliminar
  3. Parece que não me expliquei correctamente: o que eu pretendia dizer era que nunca ouvi nenhuma obra de Leo Blech; não me lembro de já alguma vez ter visto à venda um disco com obras suas, e nunca o ouvi na Antena 2 (num dos intervalos dos falatórios...).


    Cumprimentos,

    Heitor

    ResponderEliminar
  4. O comentário foi por causa dos livros sobre música não o mencionarem. Não é que seja compositor de obra com fôlego merecedor de grande destaque (talvez numa Antena 3...), mas não é inteiramente ignorado.

    ResponderEliminar