06/09/2009

Compositores #98: Detlev Glanert (1960-)

Não é que andasse a perseguir esse objectivo, mas o que é um facto é que este é o primeiro compositor que aqui trago cuja biografia não consta (ainda) da Wikipedia. É também uma das poucas vezes em que convido para este canto compositores ainda vivos, pelo que este é um momento especial aqui no desNorte. A distinção vai então direitinha para o alemão Detlev Glanert, que tem construído uma interessante carreira baseada principalmente nas suas obras líricas e orquestrais, mais até nas primeiras do que propriamente nestas últimas.

Os prémios que obteve resultaram, sem surpresas, de algumas das óperas que escreveu: Der Spiegel des großen Kaisers, que lhe valeu o Prémio de Ópera Rolf Liebermann, em 1993, e Scherz, Satire, Ironie und tiefere Bedeutung, com que, em 2001, recebeu o Prémio da Ópera da Bavária. No que à música orquestral diz respeito, Glanert já compôs, entre outras obras, 3 sinfonias, concertos para piano e orquestra e, em Novembro próximo, irá estrear em solo alemão o Duplo Concerto para Piano.

Detlev Glanert nasceu há 49 anos, no dia 6 de Setembro de 1960.


CD



"Horizon 1 - Premières 2007"
Moritz Eggert
Number 9 VI: a bigger splash.
Detlev Glanert
Theatrum Bestiarum.
Colin Matthews
Turning Point.
Theo Verbeij
LIED.
Jörgen van Rijen (trombone)
Royal Concertgebouw Orchestra
Markus Stenz
RCO Live RCO08003
(2007)


SACD



Dimitri Shostakovich
Symphony No.10, Op.93.
Detlev Glanert
Theatrum bestiarum.
Cologne Radio Symphony Orchestra
Semyon Bychkov
Avie AV2137
(2005, 2006)


Internet



Detlev Glanert
Boosey & Hawkes / guardian.co.uk / MusicWeb International

Sem comentários:

Enviar um comentário