20/11/2009

Sinfonias #38: Sinfonia Nº1, de Gustav Mahler

Quando toca a sinfonistas há dois nomes que me vêm de imediato à cabeça, Anton Bruckner (1824-1896) e Gustav Mahler (1860-1911), o que, não sendo uma ideia propriamente consensual, também não causará celeuma por aí além.

A primeira incursão de Mahler no mundo sinfónico ocorreu em 1884 mas, curiosamente, escrever uma sinfonia era algo que não estava de modo algum nos planos iniciais. O objectivo era, isso sim, o de compor um poema sinfónico, no caso em duas partes, baseado, embora numa adaptação livre, na obra Titan do escritor alemão Jean Paul (1763-1825). Mahler não partiu do zero, tendo começado por aproveitar vários extractos de obras suas anteriores, o que, não sendo por si só um grande problema, acabou por fazer com que o resultado musical não batesse certo com o conteúdo em que era suposto basear-se. Para grandes males, grande remédios, pelo que, em vez de um poema sinfónico ganhámos uma sinfonia, a primeira de uma série que acabaria por se revelar um dos monumentos mais importantes da grande música.

Por curiosidade, refira-se que, no 3º andamento desta 1ª sinfonia, Mahler apresenta a sua versão da conhecidíssima melodia popular francesa Frère Jacques, bem mais lúgubre e sombria do que a versão original.

A Sinfonia Nº1 de Gustav Mahler foi estreada no dia 20 de Novembro de 1889, passam hoje 120 anos.


CDs




Gustav Mahler
Symphony No.1 in D.
Symphonie-Orchester der Bayerischen Rundfunks
Rafael Kubelik
Audite 95.467
(1979)

Gustav Mahler
Symphonies Nos.1-10. Das Lied von der Erde.
Marianne Haggander, Kristina Laki, Lucia Popp, Julia Varady,
Maria Venuti (sopranos), Maria Lipovsek, Florence Quivar
(meios-sopranos), Ann Howells, Gwendolyn Killebrew (contraltos),
Ben Heppner, Paul Frey (tenores), Alan Titus (barítono),
Siegfried Vogel (baixo)
West German Radio Symphony Orchestra
Gary Bertini
EMI Classics 3 40238-2

Gustav Mahler
Symphony No.1 in D.
Alban Berg
Piano Sonata, Op.1 (orquestração de Theo Verbey).
Royal Concertgebouw Orchestra
Riccardo Chailly
Decca 448 813-2

Gustav Mahler
Symphony No.1.
Bamberg Symphony Orchestra
Jonathan Nott
Tudor CD7147
(2005, 2006)


SACD



Gustav Mahler
Symphony No.1.
London Symphony Orchestra
Valery Gergiev
LSO Live LSO0663


DVD



Gustav Mahler
Symphony No.1 in D. Symphony No.8 in E flat.
Julia Varady, Jane Eaglen, Susan Bullock (sopranos), Trudeliese
Schmidt, Jadwiga Rappé (altos), Kenneth Riegel (tenor), Eike
Wilm Schulte (barítono), Hans Sotin (baixo)
London Symphony Chorus
London Philharmonic Choir
Chicago Symphony Orchestra
London Philharmonic Orchestra
Klaus Tennstedt
EMI Classics 3 67443-9


Internet



Gustav Mahler
International Gustav Mahler Society / The Gustav Mahler Society / The Mahler Archives / Classical Music Pages / Classical Net / ANDaNTE / Naxos / Answers.com / MusicWeb International / suite101.com / Wikipedia

2 comentários:

  1. Pois tanto Mahler como Bruckner são compositores que se exprimiram no seu máximo potencial através da forma sinfónica, quanto a mim é bastante consensual que são dos maiores nesta forma.

    ResponderEliminar
  2. Está visto que não sou de polémicas.


    Heitor

    ResponderEliminar