31/01/2015

Obras para Bailado #6: Bolero, de Maurice Ravel

Apesar de ser, e por larga margem, a obra mais famosa do compositor francês Maurice Ravel (1875-1937), Bolero não seria certamente a peça deste compositor que eu levaria para uma ilha deserta. Excepto, possivelmente, se, além de som, tivesse acesso a imagens; aí o caso seria completamente diferente, e a dificuldade residiria apenas na escolha dos bailarinos que interpretassem a coreografia de Maurice Béjart (1927-2007).

Deixo aqui duas versões que, na minha "ignorância bailística", me parecem extraordinárias: a primeira com a russa Maya Plisetskaya (1925-), e uma outra com o bailarino argentino Jorge Donn (1947-1992).



Internet



Maurice Ravel
Maurice Ravel / Classical Net / Wikipedia

Maurice Béjart
Béjart Ballet Lausanne / Maurice Béjart / Wikipedia

19/01/2015

Maestros #65: Simon Rattle (1955-)

O compositor de origem húngara György Ligeti (1923-2006) foi um dos mais importantes da cena musical da 2ª metade do século passado.

Escreveu música de vários géneros (instrumental, vocal, de câmara, orquestral) mas deixou-nos apenas uma ópera, Le Grand Macabre, com um libreto baseado na obra La balade du grand macabre do dramaturgo belga Michel de Ghelderode (1898-1962).

Esta ópera foi estreada em Estocolmo no dia 12 de Abril de 1978, tendo sofrido posteriormente uma revisão que iria ser estreada a 28 de Julho de 1997, em Salzburgo. Há 3 árias desta ópera que, sob o título de Mysteries of the Macabre, ganharam vida própria e uma popularidade assinalável. A canadiana Barbara Hanning (1971-) tem sido um dos seus mais destacados intérpretes, como foi possível confirmar recentemente (na semana passada) num concerto da Orquestra Sinfónica de Londres dirigida pelo maestro inglês Simon Rattle, transmitido em directo pelo canal Mezzo HD.

E porque Rattle é o nosso aniversariante de hoje, celebrando o seu 60º aniversário, e assistir ao soprano Barbara Hanning nestes Mysteries of the Macabre é uma imensa festa, deixo aqui um video onde ambos aparecem, embora numa versão truncada (o vídeo deste último concerto não está - ainda? - disponível no YouTube). Junto ainda uma versão completa, ainda com Hanning, em que ela mesma dirige a Orquestra Sinfónia de Gotemburgo.


Internet



Simon Rattle
Berliner Philharmoniker / Gulbenkian Música / Wikipedia

11/01/2015

Pianistas #41: Irene Scharrer (1888-1971)

A primeira pianista a passar por aqui foi a inglesa Myra Hess (1890-1965), já lá vão mais de 10 anos. Hoje a convidada é uma outra pianista, igualmente inglesa, Irene Scharrer de seu nome. Que, além do instrumento de eleição, teve vários outros pontos em comum com Myra Hess: ambas estudaram na Royal Academy of Music, onde foram alunas de Tobias Matthay (1858-1945), e tocaram frequentemente em conjunto, tanto peças para dois pianos como para piano a quatro mãos.

A certa altura Irene Scharrer estava destinada a ser a intérprete a estrear o Concerto para Piano do inglês Edward Elgar (1857-1934), pelo menos parecia ser essa a intenção do compositor. Que ela colaborou com Elgar durante o processo de escrita desta obra é indiscutível, conforme se pode confirmar pela entrada (retirada daqui) do dia 27 de Outubro de 1918 do diário de Alice Elgar, esposa do compositor (note-se que Irene Lubbock era o novo nome de Irene Scharrer, resultante do casamento recente):

"E. and A. at The Hut - mild day but damp - not out and Irene Lubbock came to lunch and then E. played her P. Concerto phrase and she did it beautifully and E. told her she shd. have the 1st. performance so she was absolutely delighted - Then Frank and Irene & Mr. Spring Rice went to Eton by river & Mr. C. Lennox came and had most interesting talk and E. played to him wh. made him vapid with delight."

A morte de Alice Elgar, em Abril de 1920, adiou (ainda mais) a composição deste concerto e, apesar de a ele ter regressado frequentemente, nunca o viria a terminar, tendo-nos deixado apenas esboços.

Irene Scharrer faleceu no dia 11 de Janeiro de 1971, passam hoje 44 anos.


CD


Irene Scharrer: The Complete Electric and Selected Acoustic Recordings
Irene Scharrer (piano)
London Symphony Orchestra, Henry Wood
New Symphony Orchestra, Landon Ronald
APR APR6010
(1925-1933)


Internet



Irene Scharrer