28/03/2015

Pianistas #42: Rudolf Serkin (1903-1991)

O pianista austríaco Rudolf Serkin, de quem hoje se assinalam os 112 anos passados sobre o seu nascimento, já por aqui passou algumas vezes, a última das quais em 2008, sem, contudo, ter tido direito à inserção de qualquer vídeo onde aparecesse a tocar.

Serkin distinguiu-se principalmente nos grandes compositores austríacos e alemães em geral, e em Ludwig van Beethoven (1770-1827), em particular, sendo precisamente a interpretar uma sonata deste último que o podemos ver (e ouvir) num dos vídeos anexos.

Aproveitei ainda a oportunidade para incluir uma entrevista em que Serkin é questionado por outro grande músico, o violinista Isaac Stern (1920-2001).


CDs


Ludwig van Beethoven
Piano Concertos - No.1 in C major, Op.15; No.2 in B flat major, Op.19;
No.3 in C minor, Op.37; No.4 in G major, Op.58; No.5 in E flat major,
'Emperor', Op.73. Fantasia in C minor, 'Choral Fantasy', Op.80.
Rudolf Serkin (piano)
Bavarian Radio Symphony Orchestra
Rafael Kubelik
Orfeo C647 053D
(1977)

Johann Sebastian Bach
Capriccio in E major, BWV993.
Max Reger
Variations and Fugue on a Theme of J. S. Bach.
Ludwig van Beethoven
Piano Sonata No.24 in F sharp major, Op.78.
Piano Sonata No.21 in C major, 'Waldstein', Op.53.
Rudolf Serkin (piano)
BBC Legends BBCL4177-2
(1973)

Wolfgang Amadeus Mozart
Piano Concerto No.20 in D minor, K466.
Ludwig van Beethoven
Piano Concertos - No.1 in C major, Op.15; No.5 in E flat major, 'Emperor', Op.73.
Symphony No.7 in A major, Op.92.
Rudolf Serkin (piano)
New York Philharmonic Symphony Orchestra
Guido Cantelli
Music & Arts CD1170
(1953, 1954)

Felix Mendelssohn
Prelude and Fugue, Op.35 No.1.
Johannes Brahms
Four Pieces, Op.119.
Ludwig van Beethoven
Diabelli Variations, Op.120.
Rudolf Serkin (piano)
BBC Legends BBCL4211-2
(1969, 1975)

Ludwig van Beethoven
Piano Sonatas - No.29, 'Hammerklavier', Op.106; No.31, Op.110.
Rudolf Serkin (piano)
BBC Legends BBCL4241-2


Internet



Rudolf Serkin


15/03/2015

Obras Orquestrais #26: Rhapsodie espagnole, de Maurice Ravel

A mãe do compositor francês Maurice Ravel (1875-1937) era basca, embora tenha passado uma boa parte da juventude em Madrid. As memórias maternais desse tempo inspiraram o jovem Ravel em várias obras, particularmente na ópera L'Heure espagnole e na peça orquestral que aqui trago hoje, a Rhapsodie espagnole, de 1907.

A estreia, em Paris, a 15 de Março de 1908, passam hoje 107 anos, foi mais um daqueles eventos que ficaram na história da música e daquela cidade; não que a orquestra, dirigida pelo maestro, igualmente francês, Édouard Colonne (1838-1910), não tenha estado à altura do acontecimento, mas pelo facto de os ocupantes dos lugares (sentados) mais caros terem permanecido mais ou menos impassíveis durante toda a sua execução. Já as galerias, onde se encontravam os amigos e alunos de Ravel, manifestaram ruidosamente o seu apreço pela obra, de que resultou um encore do segundo andamento, Malagueña.

Findo esse encore, Florent Schmitt (1870-1958), que se encontrava também nas tais galerias, usou o seu vozeirão para solicitar ao maestro que voltasse a tocar o mesmo andamento, "para ver se finalmente os cavalheiros lá de baixo o conseguem entender!"...


CDs


Maurice Ravel
Boléro. Concerto for Piano Left-Hand and Orchestra. Pavane pour une infante défunte.
Rhapsodie espagnole. La valse.
Claire Chevallier (piano)
Anima Eterna
Jos van Immerseel
Zig Zag Territories ZZT060901

Maurice Ravel
Rhapsodie espagnole. Daphnis et Chloé - Suite No.2.
Igor Stravinsky
Song of the Nightingale. The Firebird - Suite.
New York Philharmonic Orquestra
Lorin Maazel
Deutsche Grammophon Concerts 477 7175

Maurice Ravel
Bolero. Alborada del gracioso. Rhapsodie Espagnole. La valse.
Orchestre Symphonique de Montréal
Charles Dutoit
Decca 410 010-2

Modest Mussorgsky
Pictures at an Exhibition.
Maurice Ravel
Rhapsodie espagnole. Ma Mere l'Oye. Bolero.
Boston Symphony Orchestra
Serge Koussevitzky
Naxos Historical 8.110154
(1930, 1945, 1947)

Claude Debussy
Nocturnes. La mer. Images - Ibéria.
Maurice Ravel
Alborada del gracioso. Rhapsodie espagnole. Daphnis et Chloé - Suite No.2.
Le tombeau de Couperin. La valse.
SWR Vocal Ensemble
SWR Stuttgart Radio Symphony Orchestra
Sergiu Celibidache
Deutsche Grammophon 453 194-2


Internet



Maurice Ravel


01/03/2015

Concertos para Violino #8: Concerto para Violino, "Concentric Paths", de Thomas Adès

O Concerto para Violino de Thomas Adès (1971-) resultou de uma encomenda conjunta da Berliner Festspiele (centro de artes em Berlim, Alemanha) e da Orquestra Filarmónica de Los Angeles; composto em 2005, teve a sua estreia a 4 de Setembro desse ano, em Berlim. O violinista de serviço nessa altura foi o inglês Anthony Marwood, o dedicatário da obra, e que iria estar igualmente na estreia em solo americano, no dia 10 de Fevereiro de 2006, com a Orquestra Filarmónica de Los Angeles a ser dirigida pelo compositor.

Não deixa de ser curioso que nenhum destes eventos apareça referido na história deste concerto apresentada no site do próprio Thomas Adès, sendo que a primeira interpretação que lá aparece referida é de 26 de Junho de 2006...

Thomas Adès celebra hoje o seu 44º aniversário.


CDs


Thomas Adès
Tevot. Violin Concerto, 'Concentric Paths'. Three Studies after Couperin.
Powder Her Face - Suite.
Anthony Marwood (violino)
National Youth Orchestra of Great Britain, Paul Daniel
Berlin Philharmonic Orchestra, Simon Rattle
Chamber Orchestra of Europe, Thomas Adès
EMI Classics 4 57813-2

Thomas Adès
Violin Concerto, 'Concentric Paths'.
Jean Sibelius
Violin Concerto, Op.47. Humoresques - Op.87 No.2 in D major; Op.89 No.2 in G minor;
Op.89 No.3 in E flat major.
Augustin Hadelich (violino)
Royal Liverpool Philharmonic Orchestra
Hannu Lintu
Avie AV2276
(2013) 


Internet



Thomas Adès